Violência

Prefeita sofre agressão física ao ter carro interceptado por dois homens em Figueirópolis

Gestora fez exame de corpo delito e registrou Boletim de Ocorrência.

Por Redação 2.413
Comentários (0)

18/03/2022 16h55 - Atualizado há 3 meses
Prefeita de Figueirópolis do Tocantins

A prefeita de Figueirópolis (TO), Jakeline Pereira (MDB), sofreu uma emboscada na noite desta quarta-feira (16) no momento em que estava se dirigindo para sua casa acompanhada do filho e de um assessor.

Segundo relatos, o carro da prefeita foi interceptado por outro veículo, de onde saíram dois homens proferindo palavras ofensivas contra a gestora, além de ameaças e agressões físicas.

No momento da emboscada, o assessor se jogou na frente da prefeita para protegê-la e também foi agredido fisicamente. A prefeita já realizou exame de corpo delito no IML em Gurupi.   

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil para ser investigado. Até o presente momento ninguém foi preso.

Os agressores seriam pai e filho, moradores da própria cidade de Figueirópolis e adversários políticos da prefeita. Eles teriam tido um desentendimento mais cedo em uma lanchonete com o grupo da gestora.

Diante das provocações, a prefeita, o filho e o assessor saíram do local, mas foram seguidos pelos homens e interceptados a caminho de casa.

Em nota, a Associação Tocantinense de Municípios (ATM) repudiou o ato de violência contra a gestora municipal. "A entidade repudia toda e qualquer tipo de violência proferida contra os agentes políticos, em especial prefeitos e prefeitas que trabalham diuturnamente em prol do desenvolvimento dos Municípios", disse.

A ATM pediu, ainda, que as forças de segurança do Estado iniciem as investigações o mais rápido possível para descobrir os envolvidos no episódio.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.