Ônibus

Sem transporte coletivo há quase 2 anos, Gurupi vai abrir nova licitação em fevereiro

Cidade está sem o serviço regular desde março de 2020.

Por Redação
Comentários (0)

24/01/2022 16h56 - Atualizado há 3 meses
Cidade de Gurupi

A Prefeitura de Gurupi, 3º município mais populoso do Tocantins, informou que deve publicar o edital de licitação para a concessão da prestação do serviço de transporte público de passageiros no início do mês de fevereiro.

Segundo o presidente da Agência Gurupiense de Trânsito e Transportes (AMTT), Sargento Jenilson, para dar continuidade no processo, que foi iniciado ainda em 2021, a prefeita Josi Nunes organizou o orçamento e autorizou um aporte financeiro para incentivar a ampla concorrência.

“Assim, poderemos ter uma empresa de qualidade e com responsabilidade para fazer esse serviço público de forma viável, ininterrupta e que tenha uma tarifa de transporte justa aos nossos cidadãos”, frisou Jenilson.

Ainda segundo o gestor da AMTT, o edital de licitação da concessão deve ser aberto no mês de fevereiro. “E pelo prazo normal das leis de licitações e concessões públicas, acreditamos que teremos uma boa concorrência e até junho de 2022 teremos esse novo serviço de qualidade na cidade”, ressaltou.

Entenda

Desde março de 2020, a cidade de Gurupi está sem serviço público regular de transporte coletivo de passageiros. Segundo o sargento Jenilson, a atual gestão iniciou os estudos desde janeiro de 2021 e, em março, realizou audiências e consultas públicas para a definição do formato da prestação de serviço, que culminou com processo de licitação da concessão iniciado no mês de setembro de 2021.

“Porém, não tínhamos conseguido empresas da região interessadas em trabalhar na cidade e em fornecer orçamentos para iniciar a licitação com as propostas de custos do serviço, diante dos desafios da pandemia e também porque os investidores não encontravam viabilidade para iniciar um empreendimento tão importante. E nem tão pouco tínhamos previsão orçamentária para ofertamos alguma contrapartida aos investidores e interessados na concessão desse serviço durante o primeiro ano da gestão e com orçamento planejado pela gestão anterior”, explicou o presidente da AMTT.

Ele também destacou que a continuidade do processo só foi possível com a aprovação do aporte financeiro previsto no orçamento de 2022.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.