Gurupi

Sob pressão, secretário da Educação comenta polêmica e diz que deixará cargo no início de 2024

Ele vai reassumir sua cadeira na Câmara de Vereadores no início do próximo ano.

Por Eduardo Azevedo 762
Comentários (0)

06/12/2023 09h00 - Atualizado há 6 meses
Davi Abrantes atualmente é Secretário da Educação de Gurupi e vereador licenciado

Após ser alvo de pedido de exoneração por parte dos vereadores Débora Ribeiro (PDT) e Rodrigo Ferreira (PODE), o secretário da Educação de Gurupi, Professor Davi Abrantes, divulgou nota comentando a investigação aberta pelo Ministério Público para apurar supostas irregularidades na compra de produtos para a pasta. Ele também é vereador, mas está licenciado do cargo.

Em nota, a Secretaria Municipal da Educação afirmou que está cooperando com o Ministério Público, "para que todas as situações citadas nos inquéritos possam ser investigadas. Afinal, é interesse do Gestão Municipal esclarecer os fatos para que a verdade seja estabelecida".

Referente à aquisição de tonners, a secretaria disse ter repassado ao MPE, em 19 de outubro, todas as informações relacionadas à compra. "Foi entregue a cópia do processo, no qual uma empresa certificada e vencedora do certame, em conformidade com a legislação vigente, forneceu o produto, cuja originalidade só pode ser atestada pela própria fábrica."

Em relação à recomendação do MPTO para que o gestor não faça autopromoção por meio dos canais oficiais, a Secretaria da Educação disse que acatou essa orientação e já implementou novos formatos de divulgação das ações. "[A Secretaria] acatou a recomendação do MPE e já adotou novas práticas de divulgação das ações institucionais para evitar que, novamente, possam ser confundidas com autopromoção".

Embora a nota do secretário não tenha mencionado diretamente o pedido de exoneração feito pelos colegas parlamentares, ele informou que sua intenção é deixar o cargo no início do próximo ano, visando disputar a reeleição como vereador. A prefeita Josi Nunes já comunicou aos membros do 1º escalão que aqueles que desejam se candidatar em 2024 devem deixar seus cargos até o fim deste mês.

Confira a nota na íntegra

"A Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria de Educação, informa que está colaborando com o Ministério Público Estadual do Tocantins – MPE para que todas as situações citadas nos inquéritos possam ser investigadas. Afinal, é interesse do Gestão Municipal esclarecer os fatos para que a verdade seja estabelecida.

Sobre a aquisição de tonners, a Secretaria repassou ao MPE, ainda em 19 de outubro, todas as informações da aquisição. Foi entregue a cópia do processo, que teve como vencedora, uma empresa com todas a documentação exigida pela legislação vigente. A empresa, que é certificada, venceu o certame e fez a entrega do produto, que só pode ter a originalidade atestada pela própria fábrica. 

Além disso, a Secretaria da Educação confirma que acatou a recomendação do MPE e já adotou novas práticas de divulgação das ações institucionais para evitar que, novamente, possam ser confundidas com autopromoção. As publicações sempre tiveram a proposta de dar transparência aos atos da Pasta.

Ressalta-se ainda que, seguindo o planejamento estabelecido de quando foi convidado para o cargo atual, o secretário da Educação, Davi Abrantes, reassumirá o mandato na Câmara Municipal no início do ano que vem".

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.