Irregularidades

TCE rejeita contas das Prefeituras e Câmaras de Colinas, Santa Fé, Araguanã, Araguatins e Barra do Ouro

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

16/12/2017 18h01 - Atualizado há 2 meses
Agnaldo Araujo//AF Notícias  As Prefeituras de Santa Fé do Araguaia e de Colinas do Tocantins tiveram as prestações de contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). As contas das Câmaras Municipais de Araguatins, Araguanã e de Barra do Ouro também foram julgadas irregulares pelo órgão fiscalizador. SANTA FÉ DO ARAGUAIA O TCE recomendou a rejeição das contas da prefeitura de Santa Fé referente ao exercício financeiro de 2014. Houve dois responsáveis nesse ano: Elsir Soares Ferreira, que esteve à frente da prefeitura de 1º de janeiro a 20 de agosto, e Márcia Aparecida Costa Bento, de 21 de agosto a 31 de dezembro. Márcia Bento também teve as contas de 2015 rejeitadas. Em relação ao ano de 2014, o órgão afirmou que a despesa total com pessoal alcançou 70,1% da receita corrente líquida, extrapolando o limite estabelecido, que é de até 54%. Também foram constatados déficits orçamentário e financeiro, além de divergências no balanço patrimonial. COLINAS DO TOCANTINS As contas rejeitadas de Colinas do Tocantins são referentes ao ano de 2015, sob a responsabilidade de José Santana Neto, prefeito à época. O TCE indicou abertura de créditos especiais sem autorização legislativa; suplementação acima do limite autorizado na Lei Orçamentária Anual; déficit orçamentário; déficit financeiro e fechamento irregular do balanço financeiro. CÂMARA MUNICIPAL DE ARAGUATINS A prestação de contas da Câmara de Araguatins, no norte do Estado, é referente ao ano de 2011 e o presidente da Casa era o vereador Cláudio Carneiro Santana, atual prefeito da cidade. Conforme o TCE, a gestão orçamentária, financeira e patrimonial foram satisfatórias, mas os gastos do Poder Legislativo ficaram acima do permitido. Cláudio Santana foi multado em R$ 2 mil por todos os atos irregulares que culminaram em infrações às normas legais, praticados durante sua gestão em 2011. CÂMARA DE ARAGUANÃ A Câmara de Araguanã teve dois presidentes em 2014. O então vereador Valdinar Bilac Silva esteve à frente da Casa de 1º de janeiro a 22 de janeiro e de 22 de setembro a 31 de dezembro. Já Wellington Alves de Sousa foi presidente de 23 de janeiro a 22 de setembro. O TCE julgou irregular apenas a prestação de contas da gestão de Valdinar Bilac. No período em que ele foi presidente, conforme o TCE, os gastos do Poder Legislativo ficaram acima do permitido pela Constituição Federal e houve ausência atestos das despesas. Vladinar Bilac foi multado em R$ 5.091,57 referente aos bens móveis adquiridos e não localizados. Ele ainda foi multado de forma individual em R$ 509 e recebeu outra multa de R$ 2,3 mil por todos os atos irregulares que culminaram nas irregularidades. CÂMARA DE BARRA DO OURO Gastos com folha de pagamento acima do limite constitucional e o total da despesa da Câmara acima do limite constitucional: essas foram algumas das irregularidades apontadas pelo TCE na prestação de contas da Câmara de Barra do Ouro referente ao ano de 2014. O presidente na época era o vereador Antônio Queops Vasconcelos Miranda. A prestação de contas do parlamentar no ano de 2013 também foi rejeitada pelo TCE e ele foi multado em R$ 67 mil. Referente a 2014, Antônio Queops foi multado apenas em R$ 4 mil. VEJA TAMBÉM http://afnoticias.com.br/tce-rejeita-contas-das-prefeituras-e-camaras-de-tocantinopolis-goiatins-palmeirante-e-barrolandia/

Comentários (0)

Mais Notícias

Perigo

Crianças são arrastadas por enxurrada enquanto banhavam em córrego de Palmas

Os garotos tomavam banho no córrego quando foram surpreendidos pela força da água.

Engavetamento

Ônibus perde freios e provoca engavetamento na principal avenida de Araguaína

O engavetamento envolveu um ônibus, um veículo de passeio e um caminhão de pequeno porte.

Ipueiras (TO)

Ex-prefeito é denunciado por não repassar empréstimos consignados aos bancos

Dezenas de funcionários foram lesados e tiveram seus nomes negativados no SPC/Serasa.

Caso Gislane

Mulher é presa suspeita de encomendar morte de jovem por ciúmes do namorado

A PM prendeu Marcela ainda dentro do ônibus quando chegava a cidade de Cristalândia

Animal Silvestre

Tamanduá-bandeira é capturado dentro de casa em Araguaína e solto na natureza

O animal foi colocado numa gaiola e solto em uma área verde próximo à cidade.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.