Crime bárbaro

Tio que ajudou sobrinho a matar mãe de policial militar é capturado no estado de Goiás

Um dos dos autores foi capturado no mesmo dia do crime.

Por Redação 1.979
Comentários (0)

08/03/2022 08h06 - Atualizado há 3 meses
O suspeito foi capturado no estado de Goiás

O segundo suspeito de envolvimento na morte da senhora Luzia Ferreira Dias, de 75 anos, mãe de um policial militar do Tocantins, foi preso na tarde dessa segunda-feira (7/3), em Nova Crixás, no estado de Goiás. 

O crime aconteceu no último dia 2 de março, na cidade de Barrolândia (TO). No momento do crime, a vítima estava sozinha em sua residência no centro da cidade, quando foi surpreendida e atacada por dois homens, que a mataram com vários golpes de faca, principalmente na região do pescoço.

Antes de fugir, os autores subtraíram vários pertences e ainda cortaram a mangueira do botijão de gás, provocando um incêndio de grandes proporções, ocasionando a destruição do imóvel onde a senhora morava. 

VEJA MAIS 

O criminoso capturado tem 46 anos. A ação que resultou na sua prisão foi coordenada pelo delegado-chefe do 65ª Departamento de Polícia, José Antônio da Silva, e executada com apoio da Polícia Civil e Militar de Goiás.

Segundo a polícia, "um dos autores foi preso no mesmo dia do crime pela polícia militar, na cidade de Miranorte. Ele apontou o homem preso na data de hoje, o qual é seu tio, como sendo o autor intelectual e executor da morte da idosa. De posse da informação, imediatamente, representamos pela prisão preventiva do segundo criminoso que passou a ser considerado foragido da justiça”, disse a autoridade policial.

Com o aprofundamento das investigações, a polícia recebeu informação de que o mesmo estaria escondido na casa de parentes na cidade de Nova Crixás – GO. Desse modo, contando com apoio da delegacia de Polícia Civil daquela cidade, por meio de compartilhamento de informações, foi possível localizar o paradeiro e efetuar a prisão do homem, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Miranorte/TO.

Após ser preso, o homem foi conduzido até à Delegacia daquele município para a realização dos procedimentos legais cabíveis e encaminhado ao presídio de Nova Crixás, onde aguardará recambiamento para o Estado do Tocantins, a fim de que possa responder pelo crime.

Segundo o delegado José Antônio, a captura do segundo envolvido no crime bárbaro traz mais paz, tranqüilidade e sentimento de justiça à população de Barrolândia e região que ansiava pela elucidação do crime com as prisões dos envolvidos. “Trata-se de um crime bárbaro, cometido por motivo fútil e meio cruel, onde os suspeitos surpreenderam a vítima que estava sozinha e a atacaram com uma faca, e além de matar ainda roubaram pertences e incendiaram a residência da vítima”, disse a autoridade policial.

Além de assassinar a idosa, os criminosos ainda incendiaram a residência da família

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.