Covid-19

Tocantins diz que vai seguir 'irrestritamente' nova decisão do Ministério da Saúde

Agora só devem ser vacinados adolescentes com comorbidades.

Por Ronaldo Souza
Comentários (0)

17/09/2021 08h28 - Atualizado há 1 mês
Jovem sendo vacinada em Araguaína

A Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins (SES) afirmou que segue irrestritamente o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, e, portanto, seguirá as determinações da Nota Técnica do Ministério da Saúde que restringiu a vacinação de adolescentes de 12 aos 17 anos.

"A SES destaca que a partir de agora – até que venham novas recomendações do MS – no Tocantins, a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos, está restrita aos jovens com comorbidades, que apresentem deficiência permanente ou que estejam privados de liberdade", disse a Saúde em nota divulgada desta quinta-feira (16/9). 

O anúncio da suspensão veio logo após a divulgação de uma nota informativa do Ministério da Saúde (MS) na qual retira da lista de vacinação os adolescentes sem comorbidades, ou seja, sem doenças preexistentes. 

A orientação do MS passa a ser que sejam vacinados apenas adolescentes que:

  •   Tenham deficiência permanente;
  •   Apresentem comorbidades; ou
  •   estejam privados de liberdade.

Esta nota do Ministério da Saúde contrária uma outra que fora publica no início do mês, que recomendava a vacinação de todos os adolescentes. 

Situação de Araguaína 

Em Araguaína, a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos começou no dia 03 de setembro com expectativa de imunizar 26 mil jovens. Quase 2 mil adolescentes receberam a primeira dose apenas no primeiro dia de vacinação.

Veja mais:

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.