Luzinópolis

Vereador e diretor escolar posta foto com aglomeração e bebida alcoólica no Tocantins

É o segundo caso registrado no mesmo município envolvendo autoridades.

Por Redação 5.461
Comentários (0)

06/06/2020 16h34 - Atualizado há 1 ano
Foto postada pelo vereador nas redes sociais

O município de Luzinópolis (TO), na região do Bico do Papagaio, registrou mais um caso de descumprimento das recomendações de distanciamento social por parte de autoridades municipais em meio à pandemia do coronavírus. A cidade tem 6 casos confirmados da covid-19.

Dessa vez, quem aparece em foto ao lado de outras pessoas é o vereador Paulo César Queiroz Borges (SD), conhecido como Professor Paulo, que está no terceiro mandato consecutivo. Ele é também diretor do Colégio Estadual Juscelino Kubitschek de Oliveira, sediado no município.

No último dia 29 de maio, o próprio parlamentar postou fotos em um grupo de WhastApp consumido bebida alcoólica, inclusive na companhia de pessoas que estavam sem máscara, item de segurança de uso obrigatório em todo o Estado por força de decreto do governador do Tocantins.

Um dos integrantes do grupo chega a questionar a atitude do vereador. "Vishe, mais uma autoridade", disse o morador.

O QUE DIZ O VEREADOR

Procurado pela reportagem, o vereador disse que uma das fotos foi tirada em sua própria casa e sozinho. Já em relação à outra, em que ele aparece ao lado de duas pessoas, o parlamentar justificou que estava apenas de passagem pelo local e encostou rapidamente para cumprimentar os amigos, mas não participou nem promoveu festa com aglomeração.

"Não vejo nenhum problema em tirar uma foto. Só havia aqueles dois amigos no local", disse o vereador, ao afirmar que a denúncia é fruto de inveja e motivada por questões políticas devido à proximidade do processo eleitoral das Eleições Municipais de 2020.

O vereador Professor Paulo acrescentou ainda que não está recebendo visitas na sua residência e nem aglomerando pessoas, pois sua esposa é do grupo de risco e sofre com uma doença respiratória (asma alérgica).

Foto postada em grupo pelo vereador

Vereador disse que essa foto foi tirada na sua própria casa e sozinho.

OUTRO CASO

Em abril, Luzinópolis registrou outro episódio semelhante, quando o então secretário da Saúde, José Júnior Neres da Silva, promoveu uma confraternização com amigos e ainda postou fotos em redes sociais.

Na época, o Ministério Público do Tocantins (MPTO) questionou a atitude e o secretário acabou sendo exonerado do cargo pelo prefeito Gustavo Damaceno de Araújo, seguindo orientação da 1ª Promotoria de Justiça de Tocantinópolis.

A região do Bico do Papagaio tem sido a mais afetada pela pandemia do coronavírus no Tocantins. No período de 16 a 23 de maio, o governo do Estado decretou lockdown em todas as cidades da região visando conter a proliferação do vírus.

Selfie tirada na época pelo então secretário da Saúde

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.