Vexame nas urnas

Vexame: Prefeitos das principais cidades do Tocantins sofrem derrota nas urnas; eleitor deu recado!

Por Redação AF
Comentários (0)

04/06/2018 10h58 - Atualizado há 1 mês
O resultado das urnas na eleição desse domingo (3) impõe aos prefeitos das maiores cidades do Tocantins a necessidade de uma reavaliação política, urgentemente. Com exceção da capital, os gestores passaram vexame em Araguaína, Gurupi, Porto Nacional e Paraíso do Tocantins. VEXAME 1 No segundo maior colégio eleitoral do Estado, o prefeito Ronaldo Dimas (PR) ostentava uma aprovação 80% da sua gestão, mas não conseguiu dar maioria de votos ao seu candidato, Mauro Carlesse (PHS). Quem levou a melhor foi Carlos Amastha, com 20.290 votos, contra 16.945 do governador interino. Mas esse vexame em Araguaína pode ser compartilhado com muitas lideranças de 'peso' na cidade: deputados federais Lázaro Botelho (PP) e César Halum (PRB), deputados estaduais Olyntho Neto (PSDB) e Valderez (PP), além de sete vereadores. Ainda em Araguaína, o candidato Márlon Reis (Rede) deu um 'banho' em muitos políticos tradicionais. Ele ficou na 3ª posição com 7.855 votos. Aliás, não somente em Araguaína, mas também em Palmas, Gurupi e Paraíso. VEXAME 2 Na capital da amizade, Gurupi, o prefeito Laurez Moreira (PSDB) conseguiu apenas 2.108 votos para sua candidata, Kátia Abreu, a 4ª colocada na cidade. O campeão em Gurupi foi Mauro Carlesse, com 18.387 votos. Compreensível por ser o seu berço político. Amastha obteve 6.696 votos e Márlon Reis, 3.404. VEXAME 3 O terceiro vexame fica na conta do prefeito Joaquim Maia (PV), de Porto Nacional, onde conseguiu somente 2.165 votos para Kátia Abreu, sua candidata, deixando-a na 4ª posição. Mas essa derrota pode ser compartilhada com Vicentinho Alves, que perdeu para Mauro Carlesse no seu próprio berço político. Vicentinho obteve 5.599 votos na sua casa, enquanto Carlesse conquistou 6.196 - o mais votado em Porto. VEXAME 4 O ex-governador do Tocantins e atual prefeito de Paraíso, Moisés Avelino (MDB) também levará no seu currículo uma derrota vexatória. Avelino é um dos coordenadores da campanha de Vicentinho Alves, além de aliado de primeira hora, mas esqueceu de fazer o dever de casa ao garantir apenas 2.222 votos, a 4ª colocação, para o seu candidato. O campeão em Paraíso foi Amastha, com 4.412 votos, seguido de Carlesse (4.090) e Márlon Reis (2.430 votos). Eis o resultado das urnas e o eleitor deu sua mensagem de insatisfação!

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.