Nos Emirados Árabes

Wagner viaja à COP28 em Dubai e vereador Marcos Duarte assume como prefeito de Araguaína

Com renúncia do vice, presidente da Câmara passou a ser o 1º na linha de sucessão.

Por Redação 1.110
Comentários (0)

29/11/2023 14h43 - Atualizado há 4 meses
Prefeito Wagner e presidente da Câmara, Marcos Duarte

A convite do Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe (CAF), o prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, vai apresentar o case de sucesso do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína na Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP28), que acontecerá entre os dias 30 de novembro e 12 de dezembro em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Durante a ausência do prefeito Wagner, o presidente da Câmara de Vereadores de Araguaína, Marcos Duarte, assumirá interinamente o comando da prefeitura.

É a primeira vez que Wagner se afasta do cargo de prefeito em quase três anos de mandato. O ex-vice-prefeito da cidade, Marcus Marcelo (PL), renunciou no ano passado para tomar posse como deputado estadual. Por isso, o presidente da Câmara passou a ser o primeiro na linha de sucessão. A previsão é que Wagner retorne ao Brasil já neste domingo (3 de dezembro).

Agenda em Dubai

Em Dubai, Wagner estará no painel “Somos Biodiversidades, Somos Solução”, previsto para acontecer no dia 1º de dezembro. As obras de drenagem, pavimentação e urbanização do projeto Águas de Araguaína têm o objetivo de unir o desenvolvimento urbano com o respeito ao meio ambiente a partir da proteção das nascentes, cursos d’água, lagos e despoluição de áreas, e são financiadas pela CAF com recursos na ordem de US$ 55 milhões.

“É um orgulho enorme poder representar Araguaína na COP28 e mostrar nossa cidade como um grande exemplo de melhoria na qualidade de vida, na infraestrutura e na preservação ambiental. Não existe desenvolvimento sustentável sem cuidar das nossas nascentes, dos nossos rios e córregos, e nós sabemos muito bem disso. A transformação que Araguaína faz é alinhada aos tempos modernos, porque qualidade de vida também é preservar e proteger o que é natural”, destacou Wagner.

Crescimento e desenvolvimento

Além de falar sobre as obras, o prefeito de Araguaína também vai destacar como os investimentos promovem mais oportunidades econômicas para a população, diminuindo a desigualdade.

No painel, Wagner estará ao lado da alcaldesa (correspondente a prefeita) da cidade boliviana de Cobija, Ana Lucia Reis Malena, e com o alcalde do município equatoriano Cantón Aguarico, Juan Carlos Orellana. Os três gestores administram cidades que fazem parte da Amazônia e têm projetos financiados pela CAF que tratam de transformação na infraestrutura com fortalecimento do meio ambiente.

O coordenador do Águas de Araguaína, Cid Forghieri, destacou que a CAF convidou o prefeito porque a cidade fica na Região Amazônica, é signatária da Declaração de Barranquilla e desenvolve um projeto de grande porte que investe na mobilidade urbana, preservação da biodiversidade e saneamento, inclusive com a criação de parques. “Araguaína é um exemplo de como é possível investir com muita responsabilidade na infraestrutura urbana. Estamos no caminho certo, colhendo bons resultados e a CAF quer mostrar esse sucesso para o mundo inteiro”, disse Cid.

Obras realizadas

Iniciado em 2019, o Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína está com mais de 50% das obras concluídas. A primeira etapa da Via Norte inaugurou a sequência de investimentos da CAF em Araguaína.  Executada e já entregue à população, o trecho de 1,5 km liga a Avenida Cônego João Lima à Avenida Castelo Branco com duas pistas e duas faixas cada, ciclofaixa, calçamento e sinalização.

Na sua totalidade, a Via Norte terá 9,3 quilômetros de extensão e será responsável pela ligação do centro da cidade a 14 bairros diferentes, garantindo uma opção a mais de trânsito com fluxo contínuo, desafogando as regiões mais movimentadas.

Em outubro deste ano, técnicos da CAF vistoriaram oito obras concluídas e outras sete em execução. Na visita, foram analisados os serviços de canalização da Av. Governador Siqueira Campos, que, quando finalizada, será a maior obra de infraestrutura urbana da história da cidade, com 2,5 km de extensão, iniciando na Via Norte, na região central, cruzando os setores Jardim Goiás, Noroeste, Vila Rosário e Setor Couto Magalhães até a Avenida Castelo Branco, e depois seguindo até os setores Universitário e Vila Norte.

As obras dos setores Alaska, Dona Nélcia, Jardim América, Itatiaia e Morada do Sol já foram entregues e a próxima será a Avenida Campos Elísios. A prefeitura também já contratou as empresas para execução das três bacias de detenção do Córrego Neblina, localizadas nos futuros parques Nascentes do Neblina, além das obras de desassoreamento do Córrego São Benedito, preservação e recuperação da área.
 Outra obra de destaque em Araguaína com recursos da CAF é a Av. Siqueira Campos, que integrará pelo menos seis bairros com duas pistas de 2,5 km de extensão

 Assim como a bacia de detenção do Parque Cimba, em um dos extremos da Via Norte, o projeto Águas de Araguaína prevê a construção de mais três bacias

A primeira grande obra da CAF em Araguaína é a etapa um da Avenida Via Norte, que liga a Av. Cônego João Lima à Av. Castelo Branco, com 1,5 km de extensão

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.