Fogo amigo

Ataídes acusa Kátia de ter feito 'negociata desonesta' com Amastha e promete ir à justiça

O ex-senador disse que sua candidatura já havia sido discutida pelo partido.

Por Conteúdo AF Notícias 800
Comentários (0)

18/09/2020 14h17 - Atualizado há 1 mês
Ataídes afirmou que a senadora agiu por motivos pessoais desobedecendo o estatuto do partido

O ex-senador Ataídes de Oliveira afirmou que vai ingressar na justiça contra a decisão da senadora Kátia Abreu de intervir no Progressistas (PP) e retirar sua candidatura a prefeito de Palmas. Kátia é a presidente regional do partido no Tocantins.

Em tom de revolta, Ataídes se manifestou por meio de nota nesta sexta-feira (18) e acusou Kátia de negociar desonestamente com o ex-prefeito Carlos Amastha (PSB). O Progressistas agora vai compor a coligação de Tiago Andrino, juntamente com o PSD de Irajá Abreu, que é filho da senadora.

O ex-parlamentar ainda acusa a senadora de agir por motivos pessoais e desabafa: "Nossas vidas são feitas por escolhas. Eu escolhi estar ao lado da pessoa errada".

Confira a íntegra da nota

"Movido por uma grande decepção, venho fazer aqui um esclarecimento sobre a intervenção na Convenção Progressista que escolheu por unanimidade o meu nome como pré-candidato à prefeitura de Palmas. 

A presidente provisória do PP no estado, a senadora Kátia Abreu, me disse que o partido precisava de um candidato para concorrer às eleições. Aceitei o desafio. E a própria senadora, em nossa live, ocorrida no dia 25 de junho, fez o meu lançamento e diariamente me enviou mensagens de apoio a nossa candidatura.

Também liguei para o amigo presidente Nacional do PP, senador Ciro Nogueira, que também declarou seu apreço e seu apoio ao nosso nome. Pois bem, criamos um projeto e fomos, então, ao trabalho.

Lamentavelmente, acordei hoje com uma decisão de intervenção para anular a convenção que legitimamente homologou o nosso nome, obedecendo rigorosamente ao estatuto e às resoluções do partido, formando então uma chapa pura do partido para concorrer às eleições.

Minha vida como ser humano, empresário e como político sempre foi pautada pelos bons princípios da ética, da moral e da honestidade. Eu não tenho dúvida de que a senadora Kátia Abreu agiu por motivo pessoal. Isso o tempo nos mostrará...

Vamos, evidentemente, recorrer desta decisão para que negociatas desonestas como esta, feitas com o ex-prefeito Carlos Amastha, não venham a ocorrer.

Nossas vidas são feitas por escolhas. Eu escolhi estar ao lado da pessoa errada.

Agradeço a toda a nossa equipe e a todos os palmenses que nos apoiaram nessa caminhada e que nos receberam tão gentilmente em suas casas e que tinham a esperança de que Palmas pudesse ser melhor. E vai ser melhor, se Deus quiser. E também a vocês, pessoas de bem, que me fazem manter minhas convicções.

E digo mais: enquanto houverem políticos desonestos em nosso estado Eu irei combater. Muito obrigado.

Ataídes Oliveira"

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.