Polêmica no PSD

'Isso é o que podemos chamar de trairagem', dispara Palito contra Irajá Abreu; ouça áudio

O senador Irajá tirou o PSD do grupo de Ronaldo Dimas.

Por Arnaldo Filho 1.775
Comentários (0)

21/09/2020 09h50 - Atualizado há 1 mês
Dimas teve participação importante na eleição de Irajá ao Senado Federal em 2018

Polêmico e super sincero, o ex-deputado e atual secretário de Governo da Prefeitura de Araguaína, Raimundo Palito, classificou como 'trairagem' a atitude do senador Irajá Abreu de tirar o PSD da coligação encabeçada pelo candidato a prefeito Wagner Rodrigues (SD) – do grupo de Ronaldo Dimas – e levá-lo para um dos candidatos de oposição – Hugo Mendes (PRTB).

Palito fez o comentário em um áudio enviado ao presidente do Podemos em Araguaína, Delegado Rérisson Macedo, mas a conversa vazou nas redes sociais.  

“Dr. Rerisson, isso é o que nós podemos chamar de trairagem. Cidadão que não se elegia mais a deputado federal, arriscou senador, teve o apoio do Ronaldo Dimas não só em Araguaína, mas em toda a região do Bico, foi eleito às custas do grupo do Dimas e faz uma trairagem dessa”, disparou Palito, referindo-se às eleições de 2018, quando o prefeito Dimas deixou de apoiar César Halum, que é de Araguaína, para ficar com Irajá.

O rompimento do PSD com Dimas foi motivado por uma questão política em Porto Nacional, onde o Podemos está apoiando a reeleição de Joaquim Maia (MDB), e não Ronivon Maciel (PSD), o candidato de Irajá Abreu.

Mesmo com a saída do PSD, Palito afirmou que todos os candidatos a vereador do partido vão permanecer com Wagner Rodrigues, inclusive os de mandato: Terciliano Gomes e Gilmar da Auto Escola. 

Para Palito, Irajá Abreu, sua mãe Kátia Abreu (PP) e o ex-prefeito Carlos Amastha (PSB) agem como a velha política.  

“Ainda tem aquela velha impressão de achar que manda em tudo, só que nenhum vereador vai acompanhá-lo, ele não tem nenhum vereador em Araguaína. São pessoas desse tipo que infelizmente ainda tem na política. Fizeram essa trairagem aqui, em Palmas e estão fazendo em vários lugares, ou então estão com jogo duplo: a mãe fica em um lugar e o filho em outro, quem ganhar está bom. Isso é baixaria e essas coisas na política aparecem de última hora”, finalizou Raimundo Palito.

ÁUDIO DO EX-DEPUTADO RAIMUNDO PALITO

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.