Reforço nas ações

Aeronave do tráfico internacional de drogas será usada na guerra ao coronavírus no Tocantins

Durante a operação, a PF apreendeu 12 aeronaves em poder de criminosos.

Por Redação 825
Comentários (0)

05/04/2020 22h11 - Atualizado há 4 meses
Aeronave apreendida pela Polícia Federal

Uma aeronave utilizada pelo tráfico internacional de drogas, que foi apreendida pela Polícia Federal durante a Operação Narcos, será usada nas ações de combate ao novo coronavírus no Tocantins. 

Em uma ação movida por Procuradores do Estado, a Justiça autorizou que a aeronave fique sob a responsabilidade do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) sendo usada no desempenho de como o transporte aeromédico em todo o Estado, monitoramento e policiamento do espaço aéreo.

A decisão foi orientada em função da covid-19 e devido à localização estratégica do Tocantins no combate ao tráfico de drogas e suporte médico aos municípios dos Estados vizinhos. 

O presidente da Associação dos Procuradores do estado, Rodrigo Santos, disse que "a aeronave vai contribuir com diversas necessidades do estado e será um auxílio fundamental neste momento de calamidade pública".

A ação foi assinada pelo procurador José Humberto Pereira Muniz Filho e pelo procurador-Geral do Estado, Nivair Vieira Borges.

OPERAÇÃO 

A operação da Polícia Federal foi deflagrada no dia 12 de fevereiro visando desmantelar uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e armas, lavagem de dinheiro e ligada à facção criminosa. Os agentes cumpriram 24 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão em vários estados.

Durante a investigação, a PF identificou que integrantes do grupo criminoso possuíam patrimônios milionários registrados em seus próprios nomes e no de terceiros, razão pela qual a justiça determinou o sequestro de imóveis de alto padrão e automóveis de alto valor.

Conforme a PF, o grupo criminoso atuava em vários estados do País e utilizava pequenas aeronaves e aeródromos para trazer drogas da Bolívia de forma clandestina. Quase duas toneladas de cocaína foram apreendidas durante a investigação, bem como 12 aeronaves.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.