Rombo milionário

Amastha deve ser convocado para depor na CPI do PreviPalmas logo após as eleições

Por Redação 985
Comentários (0)

19/09/2018 09h08 - Atualizado há 3 anos
Ex-prefeito deve ser convocado a prestar esclarecimentos após as eleições

O vereador Professor Júnior Geo (PROS) presidiu a última reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito do Instituto de Previdência de Palmas, a CPI do Previpalmas, nesta terça-feira (18), e deu andamento às investigações referentes aos investimentos suspeitos no valor de R$ 30 milhões no Cais de Mauá, Caixa Econômica Federal e no fundo de investimento Tercon.

Na ocasião, o vereador convocou o ex-presidente do PreviPalmas, Maxcilane Fleury, o ex-diretor de investimentos, Fábio Matins, o ex-secretário Municipal de Finanças, Christian Zini, e também citou uma quarta pessoa que será convocada após o período eleitoral, pois está concorrendo a um cargo, de modo a não prejudicar antes de que um processo transitado e julgado ocorra.

Segundo fontes, trata-se do ex-prefeito Carlos Amastha (PSB), candidato a governador, que era o gestor da capital no período em que foram realizados os investimentos suspeitos. 

"Fiscalizar a aplicação do dinheiro público é dever do legislativo. Precisamos verificar por que foram feitos esses investimentos, se houve má fé e resguardar o dinheiro da aposentadoria de direito do servidor do município", destacou o Professor Júnior Geo sobre a necessidade das convocações para o andamento das investigações.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.