Literatura

Aos 18 anos, jovem de Araguaína escreve poemas sobre amor, política, corrupção e suicídio

Rivaldo Araújo tem 18 anos e aproveita o tempo livre para escrever.

Por Redação 1.579
Comentários (0)

15/06/2019 14h45 - Atualizado há 1 ano
Rivaldo tem 18 anos de idade

Rivaldo Araújo é um jovem de 18 anos como muitos outros, gosta de jogar videogame e passa bastante tempo navegando na internet. No tempo em que está sem fazer nada, ele aproveita para escrever algumas rimas falando sobre acontecimentos do Brasil e do mundo.

Da residência onde mora, localizada no Setor Brasil, em Araguaína, Rivaldo já escreveu poemas falando sobre corrupção, política, amor e suicídio.

Ao AF Notícias, o jovem disse que gosta desse gênero textual. “Eu escrevo esses poemas simplesmente porque gosto desse estilo de texto e também para transmitir o que penso para outras pessoas”, afirmou.

Veja 6 poemas de Rivaldo Araújo – o texto original foi mantido

1 - SUICÍDIO

O suicídio no mundo

Está cada vez mais comum

A cada 45 minutos no Brasil

Suicida-se mais um.

 

Falar sobre suicídio

Torna-se um tormento

Mas para a pessoa que se mata

Apenas acabou o sofrimento.

 

A maior parte dos suicídios

São causados por doenças mentais

E muitas vezes elas são

Causadas pelos próprios pais.

 

Augusto Cury já dizia

Sendo ele um excelente escritor

Ele diz: "eles não querem matar a vida

Mas sim toda sua dor".

 

Para os jovens hoje eu digo

Que estão passando por esse sofrimento:

Meu amigo, não desista agora

Pois isso tem tratamento.

 

2 - CORRUPÇÃO

Corrupção no mundo está grande

Mas não é culpa nossa

Mas com fé no pai

Iremos sair dessa fossa

 

Falar dos corruptos no Brasil

É a coisa mais fácil que tem,

Pois lá no Senado

É o que mais tem.

 

Talvez seja uma vergonha

Dos nossos deputados eu falar

Pois só entram no Senado

Para os nossos direitos roubar.

 

Tem uns que roubam

Outros que tem um certo medo

Mas as pessoas boas que tem

Dá pra contar nos dedos.

 

É lamentável o caos

Que se encontra o nosso país

Mas entrou um novo presidente

Com a contingência irá mudar, ele diz.

 

3 - ESTUDOS

Peguei-me pensando em estudo

E uma resposta queria achar,

Para essa boa pergunta:

Por que eu devo estudar?

 

Estudar não é pra quem gosta

Estudar é necessário,

Pra ter uma boa vida

Pra ter um bom salário.

 

Passamos uma boa parte

Da vida estudando

E para cada etapa

O nível só vai aumentando

 

Alguns ficam alegre por ter

Terminado o ensino médio,

E para alguns é apenas

O início de todo o tédio.

 

Faculdade logo em seguida

5 anos de pura luta

Em busca do conhecimento

Pra aumentar a conduta

 

 Chegou o fim da faculdade

Você ralou pra caralho

Pra chegar onde chegou e

Ingressar no mercado de trabalho.

 

Uns acham a parte mais difícil

Arrumar um bom emprego

Pois no Brasil que vivemos

Ta grande o desemprego

 

Muitas coisas irão acontecer

Na chamada "vida adulta"

Estudo e mais estudo

E não podemos fugir da luta.

 

4 - DIAS DOS NAMORADOS

Neste dia 12 de junho

Quero parabenizar aos casais

Que sejam muitos felizes e que

O namoro de vocês dure muito mais.

 

Você que tem um (a) namorado (a)

Valoriza e dê muito amor

Pois a maiorias das pessoas

Ainda não os encontrou.

 

Para os homens s tenho a dizer

Valorize sua mina, rapaz

Pois se você não dá amor

Sinto muito, mas outra pessoa vai.

 

Para as mulheres, digo o mesmo

E um pouco mais

Dê atenção, carinho e amor

E valorize o seu rapaz.

 

Quero parabenizar os solteiros

Os ficantes e até os casados

Para todos os humanos

Feliz dia dos namorados.

 

5 - PRESIDENTE BOLSONARO

O que falar de Bolsonaro?

Eu já me perguntei

Depois de muito tempo uma

Resposta eu achei.

 

Os bolsominios acharam que ia ser bom

Pela posse de arma q ele liberou

Pelo visto se enganou

Pois na educação

A metade ele cortou.

 

Uns falam que é corte

Ele fala que é contingência

Mas fica muito evidente

Que é falta de inteligência.

 

Só digo uma coisa

Para vocês meu rapaz,

Com esse homem no poder

O Brasil só vai afundar mais.

 

6 - EX-PRESIDENTE LULA

Da história do brasil

De nada eu sei,

Mas de outro presidente

Agora eu recitarei.

 

Já falei do Bolsonaro

Agora falarei do Lula,

Que fez dos seus eleitores

Seus servos, suas mulas.

 

Que ele fez algumas coisas

Não podemos discordar,

Pois algumas universidades

Ele ajudou a criar.

 

Também não podemos esconder

Que o Brasil ele roubou,

Quando ele saiu do poder

Grande o rombo ficou.

 

Foi treze anos no poder

Quase nada ele fez

E eu jogo essa culpa

Tudo na mão de vocês.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.