Araguaína

Após reunião, Dimas envia a Carlesse documento com propostas para enfrentar coronavírus

'Ações conjuntas e coordenadas são fundamentais', disse o prefeito.

Por Redação 598
Comentários (0)

02/04/2020 08h55 - Atualizado há 1 mês
Ronaldo Dimas

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, encaminhou ao Governo do Estado documento com os principais pontos da reunião realizada na segunda-feira, 30 de março, em que 25 representantes de instituições discutiram os rumos das medidas contra a covid-19 no Município e também para somar esforços.
 
Além do resumo do encontro, o documento cobra também um posicionamento do governo estadual quanto às providencias adotadas no combate à doença. “A preocupação é evidente e temos a certeza de que ações conjuntas e coordenadas são fundamentais para o combate. Outra certeza que temos é que estas ações, conforme orientação do excelentíssimo Ministro da Saúde, devem ser coordenadas pelos governos estaduais”, destacou Dimas.
 
Ações municipais

Ainda que aguarde uma orientação estadual, a Prefeitura se movimenta para contenção do novo coronavírus desde o último dia 13 com várias medidas de saúde e assistenciais.

Uma das novas medidas anunciadas durante a reunião é a organização para contar com o apoio da 23ª Brigada de Infantaria de Selva, de Marabá (PA), nas ações de orientações e fiscalização aos moradores e comércios de Araguaína.
 
Nas unidades hospitalares

No Hospital Municipal de Araguaína, dois leitos com respiradores estão preparados com a possibilidade de ampliação de mais um. O atendimento do hospital é para crianças, mas há possibilidade do recebimento de adultos, excepcionalmente neste período de pandemia.
 
No Hospital Dom Orione está em andamento a implantação de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cujo recurso suficiente para operação, por aproximadamente três meses, vem de emenda parlamentar do deputado federal Tiago Dimas. Já na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguaína, utilizada para estabilização, existe um leito com respirador preparado.
 
UPA Vila Norte

Como parte das ações de combate ao coronavírus, o Município está reformando o prédio da UPA Vila Norte para possibilitar a instalação de 10 leitos com respiradores.
 
Embora o Plano Estadual preveja o atendimento de todos os pacientes graves no Hospital Geral de Palmas, a rede hospitalar municipal pode e deve receber os pacientes da região nesse local”, disse o prefeito.
 
Assistência Social

Mais de 5.000 cadastros foram realizados por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social. Aproximadamente 1.400 famílias foram atendidas, entre estas estão mototaxistas, feirantes, ambulantes, autônomos, músicos, garçons, além da comunidade de uma forma em geral. Até o momento, 21.000 cestas básicas foram licitadas e a previsão é que sejam suficientes por mais três semanas.
 
Os moradores em situação de rua estão sendo monitorados e acompanhados pela Secretaria Municipal da Assistência Social. Estão sendo providenciados banheiros na Praça das Bandeiras para uso exclusivo desse público, além da entrega de kits de higiene. Na Escola Municipal Benedito Canuto uma estrutura está preparada para recebê-los no caso de suspeita de infecção.
 
Solicitações ao Governo do Estado

Reforçando a importância do trabalho em parceria, o prefeito Ronaldo Dimas solicitou do Governo Estadual auxílio na implantação e manutenção de novos leitos nas unidades hospitalares de Araguaína, que poderão receber pacientes em situações graves, contribuindo assim para descentralizar o atendimento da única unidade de referência estadual, que é o Hospital Geral de Palmas.
 
Outra sugestão apontada por Dimas foi sobre a possibilidade da implantação de hospitais de campanha no Tocantins, a exemplo de outros estados, com a ajuda do Governo Federal, vendo a possibilidade de uma unidade em Araguaína.
 
Mais exames

Diante da cobrança pela realização de mais testes, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) disponibilizará seu laboratório para realizar até 80 exames diários de Proteína C Reativa (PCR) para o vírus sars-cov-2, causador da doença covid-19.

O Município irá adquirir os insumos necessários e disponibilizá-los para que haja uma parceria entre laboratórios privados e a própria UFT na realização dos testes.
 
No documento enviado ao governador Mauro Carlesse, Dimas também solicita colaboração do Estado na doação de cestas básicas ou recursos para a aquisição das mesmas.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.