Vaccinar

Araguaína deverá receber indústria de nutrição animal para atender Tocantins, Pará e MA

Funcionamento deve iniciar já em abril de 2021.

Por Redação 1.687
Comentários (0)

23/10/2020 17h17 - Atualizado há 1 mês
Dimas (à esq.) e Nelson Lopes

Araguaína ganhará mais uma empresa para impulsionar o agronegócio em 2021. De acordo com o prefeito Ronaldo Dimas, a Vaccinar Nutrição Animal adquiriu um terreno no Município e deve iniciar o funcionamento já em abril do próximo ano.

Será a oitava unidade da empresa, que conta atualmente com sete unidades produtivas no Paraná, Goiás, Minas Gerais e Piauí.

“Em breve, [a Vaccinar] abrirá sua unidade em Araguaína, e tem volume de negócios anual previsto de R$ 100 milhões”, anunciou o prefeito pelas redes sociais.

A empresa comprou parte da antiga Noroeste Madeiras, ao lado do Estádio Mirandão, onde instalará a indústria. A área de 40 mil metros quadrados conta, atualmente, com dois galpões cobertos.

A unidade da Vaccinar em Araguaína deve gerar 150 empregos diretos e indiretos já no primeiro semestre de 2021.

O CEO da empresa, Nelson Lopes, esteve com Dimas há dois meses e retornou nessa quarta-feira (21) para uma nova reunião. “Estamos indo atrás do ‘rabo do boi’, é uma fábrica para alimentação de bovinos. Nossa escolha é porque são 50 cidades que dependem de tudo em Araguaína, que tem seis frigoríficos. A intenção é atender Tocantins, Maranhão e Pará”, afirmou.

Sobre a Vaccinar

Posicionada entre as líderes do setor no Brasil e com o orgulho de ser uma empresa 100% brasileira, a Vaccinar Nutrição Animal possui 40 anos no mercado e oferece uma linha de soluções nutricionais para aves, bovinos, suínos e aqua e pet. Além dos itens de catálogo, composto por rações, premixes, núcleos, concentrados e aditivos, a empresa também desenvolve produtos personalizados que atendem as demandas específicas de cada animal.

A empresa conta com sete unidades produtivas, sendo três localizadas em Minas Gerais, nas cidades de Bom Despacho, Martinho Campos e Nova Ponte, duas no Paraná, em Pinhais e Toledo, e a mais recente no Piauí, em Teresina. A sétima planta está sendo construída em Goianira (GO), no Centro-Oeste brasileiro.

A Vaccinar conta ainda com cinco centros de distribuição, sendo quatro no Brasil, nos estados de Minas Gerais, Paraná e Goiás, e um no Paraguai, em Ciudad del Este. Atualmente, apresenta uma capacidade produtiva instalada de 384 mil toneladas por ano.

Fundada em 1980, completa 40 anos nesta sexta-feira, 23 de outubro. O faturamento da empresa foi de R$ 500 milhões em 2019 e planeja chegar a R$ 1 bilhão até 2023. A empresa conta hoje com mais de 800 colaboradores e 900 produtos.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.