Reunião

Araguaína prevê crescimento da curva de contaminação da covid-19 e anuncia mais testes

Araguaína é a única cidade do Tocantins a instalar leitos próprios.

Por Redação 1.878
Comentários (0)

08/05/2020 10h08 - Atualizado há 5 meses
Dimas participando da reunião

Em nova reunião on-line de trabalho realizada nessa quinta-feira (7), o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, apresentou os números atualizados da covid-19 na cidade e ouviu os representantes das entidades que compõem o conselho de combate à doença.

No último boletim epidemiológico do dia 6, o município registrou 30 novos casos da doença, chegando a 164 casos positivos.

No gráfico de evolução diário de casos estamos com a curva em alta, crescemos nos números. A previsão, para nossa preocupação, é de seguirmos com o aumento dessa curva nos próximos dias, por isso precisamos que a população cumpra as orientações e fique em casa para que não cheguemos em uma situação de desespero”, explicou o prefeito Dimas.

Com o aumento de casos, outra preocupação do Município é com a quantidade de leitos para recebimento de pacientes em tratamento. Por isso, Araguaína vai instalar leitos próprios na Unidade Corona Norte, no antigo prédio da UPA Vila Norte.

Serão 15 novos leitos estruturados com ventiladores pulmonares, carro de parada, monitores, oxímetros, bombas de infusão, além de mobiliário geral.

Mais leitos

Atualmente, há 10 leitos de UTI exclusivos para pacientes de covid-19 no Hospital Regional de Araguaína e o Ministério da Saúde habilitou mais 10 nesta sexta-feira (8).

Também foram habilitados 10 leitos no Hospital Dom Orione e outros 10 devem ser implantados no Hospital de Doenças Tropicais (HDT-UFT) na próxima semana, totalizando 36 leitos exclusivos para pacientes de coronavírus em Araguaína, além dos 15 anunciados pela prefeitura.

Doações e recursos

Participaram da reunião, representando os parlamentares do Tocantins, o senador Eduardo Gomes e o deputado federal Tiago Dimas. Entre novos anúncios, Eduardo Gomes citou a doação de 10 novos respiradores para o HRA. Tiago Dimas também anunciou a destinação de recursos, entre eles o empenho de R$ 2 milhões para colaborar com as ações de combate à covid-19 na cidade.

Mais testes

Com a parceria entre a Prefeitura de Araguaína e a Universidade Federal do Tocantins (UFT), a expectativa do Município é aumentar a capacidade de testagem na cidade. De acordo com a universidade, estão sendo adquiridos equipamentos e insumos para a ampliação da testagem da população.

Aprovamos um projeto de pesquisa junto ao Governo Federal para colaborar com os estudos e com o trabalho de combate a essa doença. O recurso foi liberado e já garantimos a aquisição de equipamentos de testagem para Palmas, Araguaína e Gurupi e aguardamos agora o início dos trabalhos”, disse o reitor da UFT, Luís Eduardo Bovolato.

Os testes são de proteína c-reativa (PCR), único capaz de diagnosticar pessoas contaminadas com o coronavírus nos primeiros dias de contágio, mesmo em pessoas assintomáticas.

Desenvolvimento econômico

Também durante a reunião, o prefeito Ronaldo Dimas apresentou as estratégias do Município para garantir a continuidade das obras e serviços necessários ao desenvolvimento a cidade após a pandemia.

Nós precisamos também nos preparar para que, quando tudo isso passar, possamos retomar a nossa força econômica. Percebemos que o poder público será a alavanca para a retomada da força econômica do País”, reforçou o prefeito.

De acordo com a Secretaria Municipal de Planejamento e Tecnologia, o Município possuiu recursos na ordem de R$ 400 milhões para investimentos em obras na cidade para os próximos anos.

Entre as obras em execução e que deverão ser iniciadas ainda este ano estão os serviços de pavimentação de ruas em diversos bairros, construção de quadras de esportes, além das novas etapas para a construção da Via Norte.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.