15 e 16 de agosto

Araguaína sedia seminários sobre apicultura e criação de abelhas sem ferrão até em residências

Os eventos ocorrerão nos auditórios da Universidade Federal do Tocantins (UFT) no Cimba e EMVZ.

Por Redação
Comentários (0)

12/08/2019 14h39 - Atualizado há 2 anos
Apicultor

A 8ª edição do Seminário Estadual de Apicultura ocorrerá em Araguaína, no norte do Tocantins, nos dias 15 e 16 de agosto. Na mesma data, também será realizado o 2º Seminário Estadual de Meliponicultura.

Os eventos ocorrerão nos auditórios da Universidade Federal do Tocantins (UFT) localizados na unidade Cimba e EMVZ. As inscrições limitadas já estão abertas.

Os encontros contarão com oficinas para a implantação de apiários e meliponários, palestra sobre o manejo adequado da flora nativa do Tocantins, além de alternativas para agregar mais valor à produção, como a produção de cosméticos a base de mel.

Conforme os organizadores, a realização dos eventos é necessária em função da demanda dos produtores da região, principalmente em função dos baixos índice produtivos e da necessidade de discussão e compreensão sobre a eficiência do manejo correto para as colônias de abelhas.

Atualmente no Tocantins existem aproximadamente 1.300 apicultores distribuídos em duas cooperativas e 53 associações. A produção de mel no Estado é consideravelmente pequena, registrando 73,6 toneladas em 2017, o que representa 0,17% da produção nacional.

Já a meliponicultura (criação de abelhas nativas sem ferrão ou abelhas indígenas) é praticada ainda em pequena escala no Estado por pessoas interessadas na conservação das espécies nativas, na criação como animais “pets”, e ainda não apresenta a cadeia produtiva consolidada.

Como estas abelhas não ferroam, são chamadas de abelhas sem ferrão e podem ser criadas em ambiente residencial, motivo pelo qual estão despertando o interesse da sociedade.

A inscrição para participar o evento pode ser feita aqui.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.