Araguaína

Associação Vida Nova arrecada doações para custear recuperação de dependentes químicos

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

27/03/2017 14h16 - Atualizado há 1 semana
Márcia Costa//AF Notícias A Associação de Tratamento e Reinserção Social Vida Nova realizou a distribuição de cartilhas educativas de prevenção às drogas e arrecadou alimentos para manter suas atividades durante o último sábado (25/03), em Araguaína (TO). A ação ocorreu no Atacadão Campelo e faz parte do projeto "Mão Amiga, Doe Alimentos, recupere uma vida". Dezenas de pessoas já foram recuperadas através do trabalho desenvolvido pela associação. A Associação Vida Nova é mantida com doações e contribuições de famílias. As pessoas interessadas em colaborar podem doar alimentos não perecíveis ou dinheiro. Segundo o presidente da entidade, Vanildo Júlio de Andrade, através de parcerias está sendo possível transformar a vida de muitos homens que fizeram a escolha da recuperação. A capacidade máxima da associação é de 20 internações para homens de 18 a 65 anos com dependência química de álcool e outras drogas. O processo de recuperação tem duração de 9 meses. A internação ocorre de forma voluntária. Durante o programa de recuperação, são desenvolvidas atividades como: terapia ocupacional, terapia em grupo, laborterapia, espiritualidade, roda de sentimento, redução de danos, prevenção a recaída, os 12 passos de N.A (atendimento individual), dinâmicas em grupo e trabalho de co-dependentes (familiares). Os interessados em contribuir com a Associação Vida Nova também podem doar depositando na seguinte conta: Banco do Brasil - Agência:0638-6 Conta Corrente: 77794-3 CNPJ: 18.872.090/0001-76 A associação fica localizada na TO 222- Chácara 404-A-Setor Tocantins. Contatos: (63) 99104-1406/99276-3517/99107-7591/99229-7662.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.