Benefício

Auxílio-alimentação de juízes e servidores do TJTO é reajustado em 24,8%, para R$ 2.122

Reajuste vai custar mais de R$ 10,8 milhões por ano aos cofres públicos.

Por Redação 3.555
Comentários (0)

03/08/2022 17h12 - Atualizado há 1 semana
Pleno do Tribunal de Justiça do Tocantins

Os desembargadores do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) decidiram reajustar o valor mensal do auxílio-alimentação, que passou de R$ 1.700 para R$ 2.122 – aumento de quase 25%. A decisão foi publicada nesta terça-feira, 2 de agosto, e vale a partir de outubro deste ano.

 O auxílio-alimentação é pago aos magistrados (juízes e desembargadores), bem como aos servidores efetivos e comissionados do Poder Judiciário. Também têm direito ao benefício os servidores requisitados ou cedidos por outros Poderes.

Atualmente, são 2.140 beneficiários do auxílio-alimentação. Com o reajuste, o gasto mensal irá passar de R$ 3.638.000,00 para R$ 4.541.080,00. O impacto anual nas contas do Poder Judiciário será de R$ 10.836.960,00.

O aumento tomou como base o Índice de Preço ao Consumidor (IPCA) acumulado nos últimos dois anos, no percentual de 24,82%.

(Com informações do jornalista Lailton Costa, do Jornal do Tocantins).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.