Amamentação

Bebê em fase de amamentação precisa beber água? Médica tira dúvidas durante capacitação

A capacitação objetiva tornar a amamentação um ato natural e incentivado.

Por Redação 3.473
Comentários (0)

21/08/2019 10h19 - Atualizado há 1 ano
Médica Ana Luiza Dellamagna

Oitenta e três profissionais da saúde de Araguaína serão disseminadores do incentivo à amamentação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Médicos, enfermeiros e nutricionistas formaram três turmas para o Curso de Aleitamento Materno com ênfase na Atenção Básica, realizado no Centro de Estudos do Hospital Dom Orione, nos dias 12, 13 e 16.

O objetivo é tornar a amamentação um ato natural e incentivado desde os primeiros meses de gravidez, durante e após o pré-natal.

A médica Ana Luiza Dellamagna, que participou da capacitação, assegurou que as informações foram muito importantes para desfazer os mitos que as mães levam para as unidades. “É essencial capacitar quem trabalha para passar isso para as mães, já que existem muitos mitos. É gratificante continuar levando esse trabalho, como a pega correta, o que bebê necessita”, afirmou.

Ana Luiza também citou um dos mitos que gera bastante dúvida nas mães .“Muitas mãezinhas acham que o bebê precisa de água porque a cidade é quente, mas não precisa, o leite tem todos os nutrientes. Outro mito é o do leite fraco. Desfazer esses mitos será nosso papel. Quanto mais estimula a amamentação, mais produz e pode inclusive vir a ser uma possível doadora”, disse.

A ação faz parte da programação do Agosto Dourado em Araguaína, que segue nas Unidades Básicas de Saúde até o dia 29.

Falando a mesma língua

De acordo com a ministrante do curso e coordenadora do Banco de Leite Humano do Hospital e Maternidade Dom Orione, Luiza Pereira Theodoro, o intuito da qualificação é que a maternidade e as unidades básicas falem a mesma língua e prestem o atendimento de forma correta para a mãe que amamenta.

O profissional passou a conhecer os problemas que podem decorrer durante a amamentação e oferecerá a informação segura para que mães e bebês possam superá-los”, completou a coordenadora.

Seguindo os passos

Segundo a coordenadora da Rede Amamenta em Araguaína, Pâmella Araújo, as unidades seguem os passos para incentivo ao aleitamento materno. A abordagem vai desde as consultas de pré-natal, palestras educativas, grupos de gestantes e também nas visitas domiciliares realizadas pela equipe das unidades básicas.

Programação Agosto Dourado

Dia 21 (quarta-feira)
8h – UBS José Ronaldo (Setor Dom Orione) e UBS Manoel Maria (Setor Cimba).
 
Dia 22 (quinta-feira)
8h – UBS Avany Galdino (Bairro São João), UBS José Rezende (Setor Alto Bonito);
14h – UBS Albeny Soares (Setor Couto Magalhães) e UBS Novo Horizonte.
 
Dia 27 (terça-feira)
14h – UBS Manoel Maria (Setor Cimba).
 
Dia 28 (quarta-feira)
8h – UBS Manoel Maria (Setor Cimba).
 
Dia 29 (quinta-feira)
8h – UBS Avany Galdino (Bairro São João).

(Thatiane Cunha)

Capacitação

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.