Presidente

Bolsonaro envia Forças Armadas ao Tocantins para combate a incêndios e crimes ambientais

Despacho foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta quinta, 20.

Por Redação 790
Comentários (0)

20/08/2020 10h08 - Atualizado há 4 meses
Presidente Jair Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, determinou o envio das Forças Armadas ao Tocantins para combater, prevenir e fiscalizar as queimadas, focos e incêndios florestais no Estado. O despacho foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (20).

O envio faz parte da operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que foi iniciada em maio e tinha previsão inicial de duração até junho. Em julho, contudo, ela foi prorrogada até novembro.

O emprego das Forças Armadas já havia sido autorizado no Acre, Amazonas, Mato Grosso, Pará e Rondônia.

Pedido do governador

No dia 10 de agosto, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse solicitou ao presidente da República a disponibilização das Forças Armadas para atuação no Estado.

No ofício, Carlesse disse que o Tocantins padece com vulnerabilidades da vegetação devido as combinações climáticas do período do ano, considerando as altas temperaturas neste período de estiagem, principalmente entre os meses de julho e setembro.

A falta chuvas e este forte calor acabam favorecendo o surgimento de incêndios florestais, comprometem a biodiversidade da região em razão da destruição de quilômetros de flora e provocam a morte de milhares de espécies da fauna amazônica”, afirmou Carlesse.

O Governo do Tocantins divulgou na data da solicitação feita ao presidente que o Estado já possuía 4.049 focos de incêndio registrados só em 2020.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.