Reclamação

Candidatos à CNH passam meses aguardando banca examinadora do Detran em Araguaína

O Detran envia examinadores de Palmas, mas deixou de pagar as diárias.

Por Márcia Costa 702
Comentários (0)

06/03/2020 15h00 - Atualizado há 7 meses
Alunos participando de aulas de direção

Quem precisa tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Araguaína está enfrentando muitas dificuldades desde novembro do ano passado. Segundo instrutores de autoescolas, a falta de examinadores está provocando uma longa fila de espera para realização da prova prática de direção.

Marcos Saraiva, representante dos instrutores, explicou que os examinadores são enviados de Palmas para fazer a avaliação dos candidatos em Araguaína, porém, o Governo do Estado deixou de ofertar a ajuda de custo para combustível, alimentação, hospedagem e diária de trabalho.

Com esse problema, os candidatos que já finalizaram as aulas práticas há meses ainda estão aguardando a banca examinadora para concluir o processo de obtenção da CNH.

"Finalizei há mais de um mês e ainda não me avaliaram. Fiz aqui em Araguaína porque é referência e falaram bem do Detran Tocantins, mas percebi que é bem diferente. Vim de longe, sou de Carolina no Maranhão", reclamou Ana Maria.

Tentando amenizar o problema, a Ciretran de Araguaína disponibiliza alguns fiscais de trânsito que possuem habilitação para atuar como examinador, mas tem sido insuficiente para atender a demanda e o serviço ainda é voluntário. 

"Os alunos pagam as taxas corretamente e todos os dias cobram a banca examinadora, e com toda razão. Quando a Ciretran de Araguaína cede os examinadores, de 300 alunos à espera só tem vaga para atender apenas 70", explicou Marcos Saraiva, instrutor.

A reportagem procurou o Detran-TO, mas não obteve nenhum posicionamento. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.