Saneamento

Colinas ameaça rescindir contrato com BRK por descumprir acordo de investir R$ 1 milhão em obras

"É inadmissível a falta de respeito com o município e com as pessoas”, disse o prefeito Adriano Rabelo.

Por Redação
Comentários (0)

11/10/2019 18h10 - Atualizado há 11 meses
Prefeitura de Colinas

A prefeitura de Colinas do Tocantins enviou um ofício para a BRK Ambiental, nesta quarta-feira (09), informando sobre a adoção de medidas que podem resultar na rescisão do contrato de prestação de serviços firmado entre a empresa de saneamento e o município.

O problema foi gerado pelo não cumprimento de obrigações assumidas pela BRK no início de 2017, quando a concessão de prestação de serviços foi renovada. Na ocasião, a empresa se comprometeu em investir R$ 1 milhão na realização de obras em Colinas, entre outras ações.

"É inadmissível a falta de respeito com o município e com as pessoas que dependem das ruas e avenidas da nossa cidade", disse o Prefeito Adriano Rabelo ao explicar que uma avenida e uma rua foram interditadas há mais de uma semana para realização de obras de drenagem devido a uma solicitação da BRK.    

Para a renovação do contrato com a empresa de saneamento, a gestão do município fez algumas exigências, sendo elas: a universalização do fornecimento de água e esgoto; reparos em ruas e avenidas; e o investimento no valor de R$ 1 milhão na forma de obras, sendo que deveriam ser investidos R$ 250 mil por ano.

Mas de acordo com a prefeitura, até hoje, nenhum ponto acordado foi cumprido. "Depois de muita pressão, a BRK se comprometeu a dar início às obras da Rua Dr. Corinto e da Avenida Vinicius de Morais, no mês de julho. Depois passou para setembro. Até agora nada foi feito. Mais uma vez, ela não cumpre o cronograma que se comprometeu", desabafou o prefeito.

O problema, ainda de acordo com o gestor, é que outras obras estão paradas, pois existe uma parceria entre BRK, Estado e Município, em que a BRK é responsável pela drenagem, o município pela terraplanagem e o Governo do Estado pela pavimentação das ruas e avenidas em questão.

"Se a BRK não fizer sua parte, o município e o Estado ficam de mãos atadas e não podem realizar os demais serviços. Por isso, temos urgência", explicou Adriano Rabelo.

Por fim, o prefeito garantiu que todas as solicitações feitas pela empresa foram cumpridas pelo município de forma imediata. "Para assinar o contrato de renovação da concessão, a BRK agilizou tudo em menos de um dia. Agora, para cumprir sua parte deixa a população na mão", concluiu. 

O QUE DIZ A BRK

“A BRK Ambiental reafirma seu compromisso em honrar com todas as obrigações inclusive as pactuadas no termo aditivo celebrado em 2017. Para realizar estas obrigações, a empresa dependia de uma definição do Município, o que ocorreu em agosto deste ano. A Prefeitura e a BRK se reuniram para definir quais obras deveriam ser realizadas e, a partir de então, foi iniciado um processo administrativo para formalizar as condições necessárias ao início das obras. Neste sentido, a BRK está em tratativas com a Prefeitura para cumprimento da obrigação firmada.  A conclusão deste processo administrativo é uma condição necessária ao atendimento da legislação e, uma vez realizada, as obras citadas serão iniciadas.”

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.