Tocantins

Comissão do concurso da Polícia Civil do Tocantins troca vários membros e amplia prazo

A comissão voltou a ter 60 dias para conclusão dos trabalhos.

Por Agnaldo Araujo/Conteúdo AF Notícias 1.491
Comentários (0)

21/01/2022 06h46 - Atualizado há 3 meses
Polícia Civil do Tocantins

A comissão responsável por adotar todas as providências necessárias à realização do concurso público da Polícia Civil do Tocantins trocou alguns integrantes e divulgou novo prazo para conclusão dos trabalhos.

A comissão foi instituída novamente, agora pelo novo secretário da Segurança Pública, Wlademir Costa Mota Oliveira, sob o argumento de atualização da portaria que a criou inicialmente.

Da antiga comissão, apenas Maria Luiza Gomes de Aguiar (Secretaria da Administração), Zenobio Cruz da Silva Arruda Junior (Secretaria da Administração) e Mauricio Kraemer Ughini (Ordem dos Advogados do Brasil) permaneceram.

Os novos integrantes são:

  • Wanderson Chaves de Queiroz - Corregedoria-Geral da Segurança Pública;
  • Aldenis Bezerra Cavalcante - Superintendência de Polícia Científica;
  • Ibanez Ayres da Silva Neto - Delegacia-Geral da Polícia Civil;
  • Elírio Putton Junior - Membro do Conselho Superior da Polícia Civil.

O presidente da comissão é Wanderson Chaves de Queiroz. O antigo era Marcelo Santos Falcão Queiroz (Superintendência de Segurança Integrada), o qual não integra mais a comissão.

A comissão voltou a ter 60 dias para conclusão dos trabalhos. Esse prazo havia sido dado em maio de 2021, época da criação da equipe de trabalho, e chegou a ser prorrogado por igual período.

O concurso da Polícia Civil do Tocantins tem expectativa de ofertar mais de 300 vagas imediatas para todos os cargos (delegado, escrivão, agente, perito e outros). 

A NOVA COMISSÃO

A COMISSÃO ANTIGA

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.