Em 2023

Comissão é criada para organizar novo concurso para técnicos e professores da Unitins

A universidade estadual possui câmpus em cinco cidades.

Por Redação 1.790
Comentários (0)

18/04/2022 16h08 - Atualizado há 2 anos
Concurso vai contemplar vagas para o quadro administrativo da Unitins

O Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (18) trará a publicação da portaria que institui a comissão responsável por realizar os estudos preliminares para concurso público de técnicos administrativos e professores da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). A comissão será responsável por fazer o levantamento de cargos e vagas em todas unidades da instituição, bem como das etapas do concurso.

“A Unitins tem vários câmpus que não têm docentes efetivos e alguns cargos técnicos ainda em defasagem. Vemos que é uma necessidade e que a universidade precisa evoluir dentro dos critérios de professores titulados e de reposição do quadro técnico”, afirmou o reitor da Unitins, professor Augusto Rezende.

Conforme o reitor, a comissão levantará todas as necessidades de vagas e, principalmente, vai definir as fases que comporão esse concurso. "Após o trabalho da comissão, passaremos pela análise de viabilidade financeira com a Secretaria da Administração (Secad) e a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), além da Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan) e Procuradoria Geral do Estado (PGE). Precisamos dessas autorizações para que possamos realizar esse concurso público o mais breve possível, mais precisamente no início de 2023”, conclui.

TAC

Em 2005, a Unitins e o Ministério Público do Trabalho e Emprego (MPT) firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que previa uma série de compromissos, entre eles a realização de um certame para os servidores do quadro administrativo e docentes.

"Em 2013, o MPT executou o TAC e o processo ainda tramita. Nos anos de 2008, 2014 e 2016 foram realizados concursos, mas que não atenderam integralmente o quantitativo exigido pelo MPT. Atualmente consta uma execução que, com a correção monetária, poderia causar um prejuízo milionário aos cofres da Unitins caso o concurso não seja realizado", explica o reitor completando que a realização do novo concurso público resolverá esse passivo. 

A Unitins possui cinco câmpus – Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Palmas e Paraíso, além de quatro unidades de pesquisa, duas de extensão e unidades de rádio e TV. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.