Denúncia

Construtora abre buracos às margens da TO-222 retirando barro para entupir cratera

A construtora também é suspeita de fazer a retirada de terra sem a devida licença ambiental.

Por Raimunda Costa 1.679
Comentários (0)

24/01/2019 15h22 - Atualizado há 8 meses
Vala nas margens da TO-222

Vários moradores denunciaram ao AF Notícias que a construtora Jurema, responsável pelo entupimento da cratera gigante na TO-222, no perímetro urbano de Araguaína, está abrindo buracos enormes às margens da rodovia para retirada do barro que está sendo usado na obra.

Segundo motoristas ouvidos pela reportagem, muitas valas já foram abertas nas laterais da rodovia e podem causar acidentes fatais. "Em um acidente com saída da pista, por exemplo, o veículo pode cair dentro de uma daquelas valas e capotar. Ou seja, estão aumentando o risco de tragédias e acidentes fatais", explicou. 

A obra na 'cratera do Detran' é de responsabilidade do Governo do Tocantins e está orçada em R$ 3.136.614,35.

Além de criar vários problemas para solucionar outro, a construtora também é suspeita de fazer a retirada de terra sem a devida licença ambiental.

Um morador, que preferiu não se identificar, disse que já procurou o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) para denunciar o crime ambiental, mas não obteve resposta órgão de fiscalização.

Por meio de nota, o Naturatins informou que o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) deu um prazo para a empresa Jurema apresentar os documentos que autoriza a retirada da terra às margens da rodovia. Contudo, o órgão não especificou o prazo.

“Há informações de que a empresa entrou com pedido na Prefeitura de Araguaína, pois é a mesma que licencia este tipo de atividade no município”, disse o órgão na nota.

A Prefeitura de Araguaína foi também procurada pela reportagem, mas ainda não respondeu.

A vala
Placa no local da obra
Máquina retirando terra do local

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.