Cresce o número de empresas registradas no Tocantins

Por Redação AF
Comentários (0)

05/10/2012 09h21 - Atualizado há 2 semanas
<span style="font-size:14px;">O Governo do Tocantins est&aacute; buscando cada vez mais a atra&ccedil;&atilde;o de investimentos para o Estado. A exemplo disso, destaca-se o projeto &ldquo;O Brasil no Tocantins&rdquo;, que apresenta as potencialidades econ&ocirc;micas do Estado a empres&aacute;rios do pa&iacute;s. A pol&iacute;tica de atra&ccedil;&atilde;o j&aacute; traz bons resultados, principalmente pela localiza&ccedil;&atilde;o, incentivos fiscais e log&iacute;stica. De 2011 a 2012 foram registrados, na Junta Comercial do Tocantins - Jucetins, 19.773 empresas instaladas no Estado, incluindo empreendedores individuais.<br /> <br /> Uma das categorias que mais cresceu no Estado, conforme dados do IBGE &ndash; Instituto Brasileiro de Geografia e Estat&iacute;stica, foram vendas do com&eacute;rcio varejista que atingiram 69,8% no ranking, sendo que a m&eacute;dia nacional foi de 32,5% na analise por Estado, da pesquisa Anual do Com&eacute;rcio, entre os anos de 2007 e 2010.<br /> <br /> Para o presidente da Jucetins, Ant&ocirc;nio Milhomem de Castro, houve um crescimento significativo nos &uacute;ltimos 24 anos. <em>&ldquo;Atualmente o Estado conta com 109.191 empresas registradas da cria&ccedil;&atilde;o do Estado at&eacute; 2012. De l&aacute; para c&aacute;, o com&eacute;rcio varejista cresceu 52%, j&aacute; o segmento de servi&ccedil;os foram 31%, e a de ind&uacute;stria saltou para 16%. Tamb&eacute;m houve aumento das S/A&rsquo;s, cooperativas e outros tipos de servi&ccedil;os&rdquo;</em>, ressaltou.<br /> <br /> Do ponto de vista do Governo do Estado, &eacute; um crescimento positivo, considerado como algo oriundo do desenvolvimento econ&ocirc;mico do Estado. Destes empreendimentos, muitos possuem incentivos fiscais do governo que proporcionam redu&ccedil;&atilde;o de imposto. Um dos grandes desafios a ser explorado &eacute; a minera&ccedil;&atilde;o que tem grande potencial no Estado. H&aacute; registros de empres&aacute;rios de grande porte interessados, e a log&iacute;stica barata que o Tocantins proporcionar&aacute;, vai abrir portas para este segmento econ&ocirc;mico, ressaltou o secretario de Ind&uacute;stria e Com&eacute;rcio, Paulo Massuia.<br /> <br /> Um das a&ccedil;&otilde;es que tem contribu&iacute;do para a atra&ccedil;&atilde;o de investimentos &eacute; o &ldquo;Brasil no Tocantins&rdquo;, que tem a proposta de apresentar as potencialidades em regi&otilde;es brasileiras. A meta &eacute; Santa Catarina (SC), Paran&aacute; (PR), Minas Gerais (MG), Rio de Janeiro (RJ) e Esp&iacute;rito Santo (ES). As primeiras cidades contempladas com as rodadas de neg&oacute;cio foram: Manaus (AM), S&atilde;o Paulo (SP) e Porto Alegre (RS).<br /> <br /> Segundo o secret&aacute;rio de Ind&uacute;stria e Com&eacute;rcio, Paulo Massuia, &ldquo;a realiza&ccedil;&atilde;o de evento j&aacute; est&aacute; trazendo avan&ccedil;os, pois &eacute; um projeto da Fieto, Fecom&eacute;rcio, que d&aacute; informa&ccedil;&otilde;es sobre o Estado do Tocantins, como obras de infraestrutura, energia, incentivos fiscais aos potenciais investidores que queiram conhecer o Estado e possivelmente implantar neg&oacute;cios no Tocantins&rdquo;, relatou. Muitas das grandes empresas que participam do evento j&aacute; est&atilde;o agendadas com o &oacute;rg&atilde;o do Governo para estreitar as rela&ccedil;&otilde;es comerciais e possivelmente investir nos p&aacute;tios multimodais da Ferrovia Norte Sul.<br /> <br /> <u><strong>Jucentins</strong></u><br /> <br /> A Junta Comercial &eacute; a porta de entrada e tamb&eacute;m a porta de sa&iacute;da para toda e qualquer empresa que queira iniciar ou encerrar suas atividades. &Eacute; vinculada ao Governo do Estado, atrav&eacute;s da Secretaria de Ind&uacute;stria e Com&eacute;rcio e subordinada tecnicamente ao Departamento Nacional de Registro do Com&eacute;rcio (DNRC). A Junta Comercial, com fun&ccedil;&otilde;es de executora e administradora dos servi&ccedil;os de registro p&uacute;blico de empresas mercantis e atividades afins, d&aacute; f&eacute; p&uacute;blica e publicidade aos documentos nela registrados e faz o exame das formalidades, com base na Lei Federal n&ordm;. 8.934, de 18 de novembro de 1994 (Lei do Registro de Empresas), regulamentada pelo Decreto n&ordm;. 1.800 de 30 de janeiro de 1996. Por&eacute;m, nos casos de tradutores p&uacute;blicos, int&eacute;rpretes comerciais, leiloeiros oficiais e armaz&eacute;ns gerais, a Junta exerce fun&ccedil;&atilde;o de matr&iacute;cula e cancelamento, bem como a fiscaliza&ccedil;&atilde;o destas atividades.</span>
ASSUNTOS

Comentários (0)

Mais Notícias

Eleições 2018

Candidato do Bolsonaro no Tocantins, Simoni diz estar surpreso com adesões

"Vamos levar propostas para consertar o Tocantins", disse o candidato.

Especialistas comentam

Araras sobrevivem na mira do tráfico de animais silvestres no Tocantins

A trajetória de tratamento da espécie se estende por diferentes períodos, conforme as condições de saúde.

Redes Sociais

TSE manda Twitter fornecer dados de perfis que festejaram ataque a Bolsonaro

Twitter deverá entregar dados de 16 perfis que incentivaram agressões a Bolsonaro

Eleições 2018

Ciro compara Bolsonaro a Hitler: 'um fascista que vai descambar pra violência'

A mesma comparação tem sido feita em diversas reuniões políticas.

Veja a tabela

200 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As oportunidades desta terça-feira (25) são para nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.