Araguaína

Defensoria e Católica Dom Orione firmam acordo para intercâmbio acadêmico

Por Redação AF
Comentários (0)

29/01/2016 11h05 - Atualizado há 1 mês
A Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) e a Faculdade Católica Dom Orione (Facdo) de Araguaína celebraram acordo de cooperação técnica e intercâmbio acadêmico, científico e cultural, para a realização de atividades voltadas ao aperfeiçoamento profissional de seus integrantes e desenvolvimento de suas finalidades institucionais. A assinatura aconteceu na manhã da última quinta-feira (28), em Palmas, pelo subdefensor público-geral, Alexandre Augustus Lopes Elias El Zayek, e o coordenador do curso de direito da Facdo, Daniel Cervantes, com a presença do coordenador do Centro de Estudos Jurídico (Cejur), Danilo Frasseto, e do superintendente de Defensores Públicos, Fabrício Barros Akitaya. “Parcerias como essa são fundamentais para a troca de conhecimento e experiências entre as instituições. Além de inserir ainda mais a Defensoria Pública no universo acadêmico, possibilita que defensores públicos e servidores tenham à sua disposição ferramentas para o crescimento profissional, o que reflete de forma positiva no nosso trabalho de diário de atendimento à população carente do Estado”, destacou o subdefensor público-geral. Segundo o coordenador do curso de direito da Facdo, Daniel Cervantes, a ideia é que a Faculdade Católica Dom Orione, com seus diversos cursos de graduação e pós-graduação, seja referência para os defensores públicos e servidores da Defensoria Pública da Região Norte. “Toda a estrutura da Faculdade, sala de aula, biblioteca, cursos de capacitação, palestras, estarão à disposição da Instituição, e ainda poderemos contar com a experiência dos Defensores como professores da Faculdade”, ressaltou. Foto: Divulgação O Cejur é o responsável pela organização e execução das atividades cooperadas entre as instituições, e, de acordo com o defensor público, Danilo Frasseto, será possível a oferta mútua de cursos de capacitação, de aperfeiçoamento funcional nas modalidades presencial e à distância, bem como atividades complementares de interesse comuns para DPE-TO e FACDO. “Com a cooperação, por exemplo, a FACDO disponibilizará aos Membros e Servidores todo o acervo bibliotecário da Instituição para consulta e empréstimo, observando-se as normas e prazos estipulados pela Faculdade. Intercâmbio de pesquisadores e docentes, parcerias para a promoção de atividades de educação, seminários, entre outras, atividades que envolvam ações acadêmicas, cientificas e culturais, voltadas para a Região Norte”, explicou Danilo Frasseto.

Comentários (0)

Mais Notícias

De olho nas oportunidades

Vagas temporárias: qual o perfil das pessoas a serem contratadas no Tocantins?

50% dos comerciantes preferem contratar mulheres para ocuparem os cargos.

Danos morais

Empresas são condenadas por negativar nome de mulher falecida no Tocantins

A suspensão das cobranças deveria ter sido feita logo após o óbito por conta de seguro.

Profissões

Top 20: Profissões que mais avançaram nos últimos anos e outras que sumiram

Nas que mais avançaram, há uma predominância de atividades voltadas para a saúde.

Oportunidades

230 vagas de emprego para Palmas, Araguaína e mais sete cidades do Tocantins

As cidades que têm mais vagas disponíveis são Araguaína, com 64, Palmas, 56, e Taquaralto, 26.

Política

Bolsonaro cogita Sérgio Moro no Supremo Tribunal Federal, diz presidente do PSL

Bebianno é cotado para ser ministro da Justiça num eventual governo Bolsonaro.

3ª Corrida da Justiça

Cerca de 1.000 atletas participam de tradicional prova noturna no Tocantins

Os corredores se dividiram em dois trajetos (5 e 10 km) finalizando na na Praça dos Girassóis.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.