Senado Federal

Em entrevista, Eduardo Gomes revela motivos de sua exoneração repentina do governo Carlesse

"Tivemos a oportunidade de homenagear o ex-governador que aos 91 anos continua dando exemplo"

Por Nielcem Fernandes 2.648
Comentários (0)

15/08/2019 09h25 - Atualizado há 4 meses
Gomes retorna as atividades parlamentares menos de 30 após assumir uma secretaria de governo

O senador Eduardo Gomes (MDB) deixou o cargo de Secretário Executivo da Governadoria do Tocantins após menos de trinta dias à frente da pasta para reassumir o mandato no Congresso Nacional. A exoneração 'a pedido' foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (14).

A saída de Gomes movimentou os bastidores e levantou muitos questionamentos. Em entrevista exclusiva ao AF Notícias, o próprio parlamentar tratou de esclarecer os motivos de seu retorno ao Senado.

“O ex-governador Siqueira Campos tem um quadro de saúde limitado devido a sua idade e aos problemas de saúde. Esses trinta dias que ele esteve como senador do Tocantins foi um período histórico, pois tivemos a oportunidade de homenageá-lo. Como parlamentar ele teve a oportunidade de apresentar projetos, presidir sessão e apresentar uma Proposta de Emenda Constitucional. Isso não foi um favor, ele tem esse direito. Ele ganhou a eleição junto comigo, como primeiro suplente”, disse.

A passagem do ex-governador pelo Senado Federal, que é um dos principais nomes da luta pela criação do Estado do Tocantins, repercutiu em todo país.

Aos 91 anos Siqueira Campos deixou seu legado para a política brasileira. Gomes elogiou o desempenho do colega e ressaltou o exemplo dado por Siqueira.

“Siqueira tinha direito a quatro meses de licença médica e abriu mão desse benefício para legislar em favor do Tocantins. Com 91 anos ele continua dando exemplo. Desde a criação do Estado há trinta anos, Siqueira foi o governador que aboliu a aposentadoria especial para governadores, isso pouca gente sabe. Ele é um político admirado até mesmo por seus adversários”, destacou.

Como segundo secretário da Mesa Diretora e um dos relatores do orçamento no Senado Federal, Eduardo Gomes é uma das principais lideranças do governo Bolsonaro e ao que tudo indica, desempenhará papeis importantes atuando principalmente na articulação política.

Durante sua passagem pela Secretaria Executiva da Governadoria, o senador cumpriu agenda nos municípios e trabalhou junto a instituições financeiras para agilizar processos de liberação de empréstimos para o Tocantins.

Nesta quarta-feira (14), Gomes, Siqueira Campos (DEM) e o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (sem partido) se reuniram no gabinete do senador para uma breve reunião. 

Eduardo Gomes, Siqueira Campos e Ronaldo Dimas

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.