Liberado

Em liminar, TRF1 autoriza convênio para construir Centro Esportivo de Canoagem em Araguaína

O centro esportivo atenderá diretamente cerca de 100 crianças, adolescentes e jovens.

Por Redação 696
Comentários (0)

29/07/2019 15h01 - Atualizado há 2 anos
Centro Esportivo de Canoagem

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região concedeu liminar favorável para celebração de convênio entre o Município de Araguaína e a União com o objetivo de implantar e modernizar o Centro Esportivo de Canoagem, que atenderá diretamente cerca de 100 crianças, adolescentes e jovens.

A decisão é do desembargador federal Carlos Augusto Pires Brandão, proferida no dia 24 de julho, em recurso apresentado pela Procuradoria-Geral do Município.

O juiz da 2ª Vara Federal Cível e Criminal da Subseção Judiciária de Araguaína havia negado o pedido do município de Araguaína alegando que pendências constantes no CAUC – Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias - impedem a celebração de convênios destinados ao recebimento de recursos financeiros com vistas à execução de ações de seu interesse.

No entanto, o procurador Samuel Rodrigues Freires esclareceu que as pendências ocorreram na gestão anterior e foram todas quitadas em dezembro de 2018, mas a exclusão do nome do município do CAUC foi realizada somente em 17 de janeiro de 2019, depois do prazo para a celebração do contrato.

Ao analisar o processo, o desembargador afirmou que a inscrição do Município no CAUC em razão de irregularidades de gestões anteriores não pode ser impeditivo para a realização de novos convênios e transferência voluntária de recursos, em especial quando se trata de hipóteses ações voltadas para as áreas de educação, saúde e assistência social.

O desembargador também ressaltou que a exclusão do nome do Município do cadastro de inadimplentes não ocorreu em tempo hábil para celebração do contrato por motivos operacionais e não do próprio município.

Resta claro que a população não deve ser prejudicada em razão da demora da regularização da situação cadastral”, argumentou.  

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.