Eleições 2022

Em tom de campanha, Carlesse chama oposição de mentirosa: 'arrumem um projeto melhor'

Para Kátia Abreu, Carlesse disse que roubou, sim, mas seus votos nas urnas.

Por Conteúdo AF Notícias 1.021
Comentários (0)

14/10/2021 11h38 - Atualizado há 1 semana
Durante o evento, o governador voltou a afirmar que é candidato a reeleição em 2022

O governador Mauro Carlesse (PSL) reafirmou que é candidato à reeleição em 2022 durante a solenidade de assinatura dos 20 primeiros convênios do Programa 'Tocando em Frente', nesta quarta-feira (13), na cidade de Talismã, região sul do Tocantins.

Em discurso, Carlesse agradeceu o apoio da maioria absoluta dos deputados estaduais da Assembleia Legislativa e fez questão de relembrar que saiu vitorioso de três eleições ao Governo do Estado, todas em 2018 (suplementar, 1º e 2º turno, e eleição ordinária).

"Fui para três eleições lutando contra os políticos antigos que se diziam donos do Estado, mas as urnas mostraram a eles que a mudança era necessária", alfinetou o governador.

Carlesse também enalteceu sua equipe de secretários e membros do primeiro escalão do Executivo Estadual pela "boa vontade e excelência no trato com a gestão pública".

"O Estado vai investir 3 bilhões de reais em todos os municípios até 2022. Para um Estado igual o nosso, que devia três folhas de pagamento atrasadas, é uma glória muito grande. É muito difícil fazer gestão quando você não tem renda, só tem dívidas e administrar o que veio do passado", lembrou.

RECADO AOS ADVERSÁRIOS

Aos opositores políticos, o govenador mandou um recado: "Os adversários que arrumem um projeto melhor."

"Vocês não imaginam o que é aguentar adversários ciumentos. Vocês não sabem o que é isso! Aguentar adversários todos os dias reclamando até de estradas que estamos fazendo. Aí vocês imaginam como que é administrar um Estado, mas isso nunca nos abalou", declarou.

Carlesse continuou: "não dá para aguentar os adversários todos os dias nas redes sociais falando mal do governo. Até esses dias um me chamou de ladrão, que eu roubava tudo dentro do Estado. E eu respondi a ela, a senadora [Kátia Abreu]: eu roubei sim! Roubei sim! Roubei seus votos nas urnas que foi candidata e disputou comigo”.

MENTINDO PARA OS PREFEITOS

Apesar das críticas, o governador afirmou que as condições do Estado estariam bem melhores se todos estivessem trabalhando com os mesmos propósitos.

“Eu queria que eles estivessem nos ajudando, que estivessem trabalhando do mesmo lado e não mentindo para os prefeitos, dizendo que colocaram emendas para isso e para aquilo, enganando vereador! Isso acabou! Hoje é realidade, só se fala quando se pode. Nós hoje falamos: estamos entregando o Tocando em Frente, um projeto que muitos não acreditavam e que vai beneficiar os 139 municípios do Tocantins. Independente de apoio político. O que interessa é que vamos atender a comunidade”, argumentou.

EM RITMO DE CAMPANHA

Já em ritmo de campanha, o governador desafiou seus futuros adversários de 2022 a apresentarem projetos de desenvolvimento para o Estado.

“Os adversários que arrumem um projeto melhor. As eleições estão chegando em 2022, vamos aguardar que eles venham com grandes e bons projetos para apresentar e executar. Por que até agora eu não vi nenhum projeto desses adversários que tanto batem no Carlesse”, desafiou.

“Todos os dias esse pessoal vai à tribuna e às redes sociais ficar batendo no Carlesse. Uma hora tenho que me defender e sabe como eu faço isso? Aprovando e assinando projetos iguais a esse (Tocando em Frente) para o povo. É essa minha resposta! Esse projeto vai alavancar mais de 100 mil empregos. Precisamos dessa união da nossa comunidade: saber separar quem faz, quem olha para a comunidade”, finalizou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.