70 novos leitos

Empresa que coordena combate à covid-19 em Araguaína é contratada pelo Governo do Estado

O instituto já atua na gestão da saúde de Araguaína desde 2018.

Por Redação 1.141
Comentários (0)

08/08/2020 17h08 - Atualizado há 1 mês
ISAC vai gerenciar o Hospital Oncológico de Palmas

O Governo do Estado contratou o Instituto Saúde e Cidadania (Isac) para fazer a gestão hospitalar de 70 novos leitos clínicos e leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) no Hospital Oncológico de Palmas.

A publicação do extrato do contrato saiu no Diário Oficial dessa sexta-feira (7). O valor é de R$ 20,6 milhões por seis meses de trabalho. O objetivo é ampliar a oferta de atendimento especializado para os casos graves da Covid-19. 

O Isac é uma Organização Social (OS) sem fins lucrativos que já atua em Araguaína desde 2018, na gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), do Hospital Municipal Eduardo Medrado e, agora também, na coordenação das ações de combate à Covid-19 no Hospital Municipal de Campanha (HMC), inclusive na implantação do protocolo de tratamento dos pacientes.

Dos 70 leitos do Hospital Oncológico, 60 são clínicos e estão 100% equipados para tratar os casos moderados de Covid-19. Os outros 10 leitos são de UTIs, destinados exclusivamente aos pacientes em estado grave da doença. 

Apesar de os leitos estarem instalados em Palmas, o secretário da Saúde, Edgar Tollini, esclareceu que todos podem ser usados por pacientes de todas as regiões do Tocantins com a garantia de acesso dada pelo Estado. 

"A Secretaria de Saúde já dispõe desde o início da pandemia de um sistema para transferência de pacientes. Temos hoje uma frota com mais ambulâncias, que são usadas para o transporte aos leitos clínicos e ainda uma empresa terceirizada com total estrutura para levar o cidadão direto até as UTI’s. Quem precisar de atendimento será rapidamente deslocado até a Capital pela nossa equipe”, enfatizou o secretário.

Instituto Saúde e Cidadania

O ISAC atua também na linha de frente da pandemia em outros estados: Bahia (BA), Pará (PA), Alagoas (AL), Rio Grande do Sul (RS) e no Distrito Federal (DF), onde Organização Social está sediada.

De acordo com o Superintendente de Projetos, Alberto Aguiar, caberá ao Isac reunir uma equipe multidisciplinar de profissionais altamente capacitados para tratar os pacientes internados. 

“Já estamos montando um processo seletivo para contratação dos profissionais, buscando os melhores médicos, enfermeiras e técnicos da área. Tudo será feito on-line através de uma plataforma própria em nosso site, tornando o processo rápido e prático”, afirmou.

O Isac também é responsável pela realização de exames, fornecimento de medicamentos, gestão de equipe, insumos, alimentação, limpeza e lavanderia.

Quanto ao Hospital Oncológico de Palmas, onde leitos estão instalados, a unidade foi contratada pelo Governo do Tocantins em julho, cabendo agora ao Isac fazer a gestão de toda a estrutura disponível no local.

No total, o Estado conta com 395 leitos destinados exclusivamente para pacientes acometidos pela Covid-19 e estão divididos da seguinte forma: 123 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), 252 clínicos e 20 de estabilização.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.