Agência de Fomento

Empréstimo popular: Governo libera R$ 4 milhões para mais de 760 famílias no Tocantins

Todas as solicitações aprovadas serão pagas até o dia 21 de dezembro.

Por Redação 1.779
Comentários (0)

02/12/2020 11h32 - Atualizado há 1 ano
Uma força-tarefa foi montada

Em apenas 60 dias após o seu lançamento, a linha Crédito Popular do Governo do Tocantins inicia o mês de dezembro com a liberação de crédito para mais de 760 famílias. Todas as solicitações aprovadas serão pagas até o dia 21 de dezembro, totalizando um investimento de R$ 4 milhões.

Segundo a presidente da Agência de Fomento, Denise Rocha, foi montada uma força-tarefa entre a equipe Fomento Tocantins e a Secretaria da Fazenda do Estado.

"Conseguimos beneficiar mais de 760 famílias em apenas 60 dias graças à força-tarefa, empenho e dedicação das equipes da Agência de Fomento e da Secretaria da Fazenda, que não mediram esforços para que o máximo de empreendedores recebessem o crédito ainda esse ano", enfatiza a presidente.

"Nossa proposta inicial era liberar pelo menos 100 contratos por mês para pagamento, e nos empenhamos ao máximo para chegar a esse resultado de excelência. Podemos dizer que o Crédito Popular cumpriu os seus objetivos”, completa Denise Rocha.

Para Walterson Oliveira, proprietário de uma empresa de artefatos de cimento, Vasos Baluarte, o crédito popular proporcionará mais agilidade para concretização dos seus objetivos. “Esse crédito será o pontapé inicial no meu projeto de ampliação do meu negócio, bem como para aquisição de materiais diversos, e tudo isso mais rápido do que eu esperava”, afirma.

Gerido pela Agência de Fomento, o Crédito Popular ainda possui cerca de 200 cadastros no sistema, que seguirão o fluxo normal de análise e posterior liberação em 2021.

Novas famílias ainda serão beneficiadas

Entenda

Lançada no dia 1º de outubro deste ano, a linha de crédito é um projeto socioeconômico do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Estado do Tocantins (FDESTO), que possui um orçamento de R$ 10 milhões e injeção inicial de R$ 5 milhões em atendimento aos profissionais informais e microempreendedores individuais que foram afetados pela pandemia.

Os beneficiários puderam solicitar o crédito de R$ 1 mil a R$ 6 mil , com prazos de até 36 meses e carência de 6 meses, conforme análise. Aceitando os restritivos, a linha trouxe taxas de juros subsidiadas e diferenciadas, onde os adimplentes de pessoa física ou jurídica tiveram uma taxa de juros de 0,25 % ao mês, e os restritivos uma taxa de 0,33 % ao mês.

Após a aprovação da solicitação e a geração da cédula de crédito, os dados dos clientes foram encaminhados para a Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins para a efetivação do pagamento diretamente na conta cadastrada pelo solicitante.

Os 730 contratos aptos ao recebimento equivale a liberação de aproximadamente R$ 4 milhões que serão pagos até o dia 21 de dezembro por meio do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Sustentável do Estado do Tocantins (FDESTO).

Para o secretário da Fazenda, Sandro Henrique Armando, a disponibilidade desse recurso do Governo do Tocantins é um investimento no Estado. “A partir do momento que permitimos e incentivamos que cada empreendedor realize seus sonhos e atinja a sua independência financeira, ativamos a roda do crescimento e da geração de renda do nosso Estado, e assim todos ganhamos em desenvolvimento”, pontua.

Canais de atendimento

Para atendimento, estão disponíveis o site da Agência de Fomento; o e-mail atendimento@fomento.to.gov.br e os telefones (63) 3220-9824/ 99260-2994.

(As informações são do Governo do Tocantins)

Recurso foi direcionado para os profissionais de atividade informal e microempreendedores individuais

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.