Chamada pública

Energisa destina R$ 6 milhões para projetos de economia de energia em cidades do Tocantins

A chamada pública, que já beneficiou órgãos públicos e empresas no Estado, receberá projetos até dia 28 de agosto.

Por Redação
Comentários (0)

19/07/2019 10h18 - Atualizado há 1 ano
Iluminação Pública em Itacajá

Ruas bem iluminadas e hospital economizando energia com a troca de lâmpadas, usina de oxigênio e ar condicionados já é uma realidade no Tocantins.

O município de Itacajá teve a iluminação pública revitalizada e o Hospital Geral de Palmas teve suas instalações elétricas modernizadas e ambos com recursos do Programa de Eficiência Energética.

Agora, outras cidades, empresas e órgão públicos do Estado também podem tornar a economia de energia uma realidade no seu dia a dia. É que a Energisa publicou o edital da Chamada Pública de Projetos do Programa de Eficiência Energética da Energisa, que está destinando R$ 6 milhões para projetos com foco na redução do consumo de energia, melhoria das instalações elétricas e ações educacionais. Os projetos devem ser apresentados até o próximo dia 28 de agosto.

Podem participar órgãos públicos (poder público e serviços públicos), clientes residenciais (condomínios), industriais, comercial e serviços, e clientes de iluminação pública da Energisa Tocantins.

Para saber como se inscrever, o edital da chamada pública está disponível aqui. Lá, o interessado deve se cadastrar para ter acesso aos documentos necessários para participar do processo, além de informações de apoio para elaboração do projeto. Após a elaboração e entrega do projeto, o cliente deve aguardar a divulgação das propostas aprovadas.

Quando levamos para a sociedade práticas de economia de energia, estamos plantando uma semente para o futuro. Ao financiar esses projetos que buscam combater o desperdício de energia, a Energisa inova compartilhando com seus clientes tecnologias e boas práticas ambientais. Deste modo, reforçamos o nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável do Tocantins”, pontua Alankardek Moreira, diretor de relações institucionais da Energisa.

O cliente que tem interesse em participar da chamada pública deve mostrar no seu projeto que a proposta de troca de eletrodomésticos, máquinas, motores e lâmpadas que estão em uso, dará bons resultados, ou seja, a redução no consumo de energia.

Se a proposta for selecionada, a Energisa entrará com o investimento. Todos os equipamentos substituídos pelo projeto serão encaminhados para descarte, seguindo as leis ambientais.

Também é realizada uma ação de sensibilização com quem trabalha ou mora no local onde ocorrerá o projeto e, um estudo para mensurar se os resultados previstos foram realmente atingidos. Tudo é feito conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Para facilitar o acesso ao edital e levar entendimento sobre os critérios para apresentação dos projetos, a Energisa realizará o Workshop da Chamada Pública para Projetos de Eficiência Energética em Palmas (25/7), Araguaína (30/7) e Gurupi (2/8).

Será uma oportunidade dos clientes que têm interesse em economizar energia conhecerem os critérios da chamada, tirar dúvidas e também de estar mais próximos da Energisa, conhecendo as oportunidades que temos para projetos de eficiência energética”, destaca Domingos Pinto Costa Júnior, analista de Eficiência Energética.

Este ano o Programa de Eficiência Energética já investiu na eficientização da Iluminação Pública de Itacajá, instalações internas do Hospital Geral de Palmas, Ulbra Palmas, campus do Instituto Federal do Tocantins em Araguatins, Palácio Araguaia e no Projeto Nossa Energia.

Programa

O Programa de Eficiência Energética disponibiliza um percentual da receita líquida operacional das concessionárias de energia para projetos que buscam promover o uso eficiente da energia elétrica em todos os setores da economia.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.