Fiscalização

Energisa tem 48h para explicar as sucessivas quedas de energia elétrica em Pedro Afonso

Falhas estariam ocorrendo nas ruas centrais e no setor Santo Afonso.

Por Redação
Comentários (0)

23/10/2020 08h46 - Atualizado há 1 mês
Sede do Procon

O Procon Tocantins notificou, na manhã desta quinta-feira (22), a Energisa pelas sucessivas interrupções de energia, principalmente, nas ruas centrais e no setor Santo Afonso, em Pedro Afonso.

A notificação solicita que a empresa justifique as sucessivas falhas no fornecimento de energia elétrica no município, bem como apresente quais providências serão tomadas para a solução, em definitivo, do problema apontado pelos consumidores.

O superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, explica que o Procon formalizou a notificação porque a empresa não é responsável apenas pela distribuição, mas também está comprometida em prestar um serviço adequado a todos os seus consumidores, bem como fornecer as informações necessárias à defesa de interesses individuais, coletivos ou difusos.

“Nosso trabalho é fazer que com os fornecedores de bens e ou serviços entendam que a responsabilidade vai muito além de entregar um produto ou serviço, é preciso estar atento aos termos da lei e compreender que o consumidor deve ter todos os seus direitos garantidos”, avaliou Walter Viana. 

Prazos e sanções

De acordo com a gerência de Fiscalização do Procon, foi concedido a Energisa um prazo de 48 horas, a partir do recebimento da notificação, para que a empresa apresente documentação.

A recusa da concessionária em prestar as informações ou o desrespeito às determinações e convocações do Procon Tocantins pode caracterizar crime de desobediência, sem prejuízo da aplicação de sanções administrativas.

O QUE DIZ A ENERGISA

"A Energisa reforça que já realizou, neste mês, a troca do transformador que atende a região por um de maior potência, principalmente por conta do aumento de consumo de energia nesse período de altas temperaturas.

A Energisa reforça aos clientes sobre a necessidade de informar sempre que houver aumento de carga nas unidades consumidoras - como compra de novos equipamentos e eletrodomésticos, sobretudo os que mais consomem energia (ar-condicionado, freezer) -, pois, assim, será possível realizar ações preventivas para assegurar o fornecimento de energia de qualidade.

Por fim, a Energisa informa que recebeu a notificação do Procon e responderá no prazo estabelecido."

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.