Neste domingo (13)

Entidades classistas de Araguaína declaram apoio às manifestações pró-impeachment; "Vem Pra Rua Brasil"

Por Mara Santos
Comentários (0)

11/03/2016 11h17 - Atualizado há 1 semana
Da Redação // AF Notícias O movimento Vem Pra Rua Brasil está organizando uma manifestação, prevista para acontecer, no próximo domingo (13/03), em municípios de todos os Estados e no Distrito Federal. A manifestação é apartidária, de apoio às autoridades federais que atuam na Operação Lava Jato e pelo combate à corrupção no Brasil. Entidades de classe araguainenses, como o Sindicato Rural de Araguaína (SRA) e a Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), manifestaram apoio ao movimento e convidaram a comunidade local a participar do evento. Após a repercussão da 24ª fase da operação, que teve como alvo principal o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, intensificaram-se as manifestações de apoio ao evento. Nas redes sociais, vários eventos foram criados para convidar a sociedade para os protestos. Na página oficial do movimento Vem Pra Rua Brasil, até a manhã desta sexta-feira já havia 438 municípios confirmados. Programação de Araguaína Em Araguaína, a manifestação vai acontecer na Avenida Cônego João Lima, com concentração prevista para às 8h, na Praça das Bandeiras, de onde seguirá pela contramão da avenida até a Rua Neblina, seguindo rumo à Rua 25 de Dezembro e encerrará em frente à sede da Polícia Federal, com execução do Hino Nacional e entrega de um documento, ao delegado responsável, pedindo o fim da corrupção e a prisão dos corruptos. Pedido de Prisão Preventiva Na última quarta-feira (09/03), o Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do ex-presidente Lula, alegando que a mesma se faz necessária para “garantir a ordem pública, a instrução do processo e a aplicação da lei penal”. Para os promotores Cassio Conserino, José Carlos Blat e Fernando Henrique Araújo, em liberdade, o ex-presidente pode destruir provas e se esquivar aos olhos da Justiça. Na denúncia apresentada pelos promotores, Lula é acusado de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, crimes cujas penas podem render de 3 a 10 anos de prisão e de 1 a 3 anos, respectivamente. A esposa de Lula, Marisa Letícia e um dos filhos do casal, Fábio Luís Lula da Silva, também são acusados de lavagem de dinheiro.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.