Saúde

Estado planeja transferir pacientes do Regional de Araguaína para Pedro Afonso, revela MPTO

O hospital de Pedro Afonso é qualificado como de pequeno porte.

Por Redação 2.346
Comentários (0)

22/06/2020 16h33 - Atualizado há 1 mês
O objetivo seria desafogar o sistema de saúde em Araguaína

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) revelou que o Estado estaria programando realizar a transferência de pacientes clínicos de Araguaína para o Hospital Regional de Pedro Afonso (HRPA), a fim de desafogar o sistema de saúde na cidade.

Diante da informação, o MPTO expediu uma recomendação ao secretário estadual da Saúde, Edgar Tollini, orientando que estas possíveis transferências não sejam realizadas até que se comprove a adoção de medidas que evitem a disseminação da covid-19 neste trânsito de pacientes e acompanhantes.

Na recomendação, o órgão cobra um planejamento para transferência de pacientes e que sejam informadas as providências para evitar a disseminação do novo coronavírus. Questiona-se, inclusive, se serão realizados testes nos pacientes e acompanhantes, sintomáticos e assintomáticos, e se o Estado garantirá que os resultados sejam obtidos antes das transferências.

POUCOS PROFISSIONAIS E EQUIPAMENTOS

O MPTO também está preocupado com a manutenção da capacidade de atendimento em Pedro Afonso, considerando que a unidade hospitalar não tem técnicos de radiologia suficientes para cobrir toda a escala de plantão, sendo que estes profissionais são importantes para o diagnóstico de pacientes com coronavírus. 

Além disso, o hospital tem atualmente apenas uma ambulância, sendo que duas outras estão paradas, aguardando manutenção. Há também deficit de motoristas e unidade possui somente um ventilador e dois respiradores acoplados a carrinhos de anestesia.

REPARO DE AMBULÂNCIAS

Assim, o MPTO recomenda que as possíveis transferências de pacientes só aconteçam após o Estado informar providências relacionadas ao reparo das duas ambulâncias, à lotação de um técnico para atuar no aparelho de raio-x e de três motoristas para cumprir toda a escala de plantão, bem como informar o prazo para a disponibilização de novos respiradores.

O Hospital Regional de Pedro Afonso é qualificado como de pequeno porte e atende uma região de sete municípios.

A recomendação foi expedida pela promotora Munique Teixeira Vaz, da Comarca de Pedro Afonso, no último dia 17. As informações sobre a situação do hospital e sobre a possível transferência de pacientes foi obtida em reunião com a diretora do hospital e com a secretária de Saúde de Pedro Afonso, no dia 16 deste mês.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.