Sucesso

Estudante da rede estadual passa em 5 universidades públicas e escolhe ficar no Tocantins

Roni Valdo, 18 anos, tinha opção de escolha em quatro estados.

Por Redação 2.726
Comentários (0)

20/05/2021 08h24 - Atualizado há 11 meses
Roni Valdo Borges

Com preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e vestibulares baseada nas vídeoaulas do projeto #TodeCasaNoEnem, o estudante egresso da rede estadual de ensino Roni Valdo Borges Menezes Pereira Júnior, de 18 anos, foi aprovado em 5 cursos de graduação em quatro estados no ano de 2020.

Com o apoio e incentivo da família e dos professores do Centro de Ensino Médio (CEM) Dona Filomena Moreira de Paula, em Miracema do Tocantins, o estudante se dedicou à iniciativa da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) para ingressar no ensino superior.

A partir da nota do Enem, Roni foi aprovado no curso de direito da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Ele prestou vestibular para ingresso em outras instituições e foi aprovado para Relações Internacionais, na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em João Pessoa, e, ainda, para o curso de Direito na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), em Dourados; no Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais; e também na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), em Palmas.

O estudante escolheu a Unitins para cursar sua primeira graduação após pesquisas e por considerar a instituição uma das melhores. “Eu sempre tive uma admiração pela Unitins pelo fato de minhas avós terem se graduado nela. Outro ponto chave é que por causa do Projeto de Vida, disciplina ofertada na escola, desde o primeiro ano do ensino médio que eu pesquiso sobre os rankings de qualidade das universidades, e por acreditar no potencial da educação do nosso Estado, eu optei por cursar minha graduação na Unitins”, contou.

Ele iniciou o curso no mês de fevereiro.

Projeto de Vida

Roni cursou o ensino médio no CEM Dona Filomena Moreira de Paula, em Miracema do Tocantins, unidade que oferta o Programa Jovem em Ação, que tem metodologia focada na autonomia e protagonismo do estudante. Para ele, o apoio da unidade de ensino foi crucial para o desempenho. 

“A pandemia foi um desafio a ser superado que ninguém esperava, mas como em minha escola eu sempre tive ensinamentos de Projeto de Vida, tentei encarar essa nova situação sem perder a esperança e mantendo a fé. Decidi que iria agarrar todas as oportunidades que surgissem no meu caminho, pois acredito que por mais que não sejamos capazes de perceber no momento, sempre há um lado positivo nas coisas. Uma dessas oportunidades foi o programa #TOdeCasaNoEnem, e incentivado por minha família e equipe escolar, acompanhei todos os aulões e sempre usei os materiais disponibilizados para praticar o conhecimento adquirido”, frisou.

A diretora do CEM Dona Filomena Moreira de Paula, Gabriela, destacou que o Projeto de Vida e o planejamento pedagógico fortalecem a formação acadêmica.

“Formar um jovem que tenha consciência do que ele quer para o seu futuro é a responsabilidade de toda nossa equipe. Conseguimos fortalecer as habilidades e competências de cada disciplina por meio do Estudo Orientado, de Práticas Experimentais e do Pós-Médio para que nossos estudantes participem do Enem e dos vestibulares, alcançando resultados satisfatórios”, finalizou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.