Vestibular

Estudantes de 10 estados vão estudar medicina em universidade pública do Tocantins

Vestibular da Unitins registra mais de 570 tocantinenses no rol de aprovados.

Por Redação 2.068
Comentários (0)

18/01/2022 14h50 - Atualizado há 3 meses
Estudantes tocantinenses ficaram com 37,5% das vagas pra medicina

O Tocantins se manteve como o estado com o maior número de aprovados em Medicina no Vestibular 2022/1 da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins). Nesta edição, 15 dos 40 candidatos aprovados são tocantinenses, representando 37,5% do total. O resultado final do processo seletivo foi divulgado na última sexta-feira (14).

Dos tocantinenses, 10 são de Palmas, dois de Araguaína, um de Paraíso do Tocantins, um de Porto Nacional e um de Filadélfia.

O estado do Maranhão aparece em segundo lugar no ranking de aprovações com seis candidatos, o que representa 15% do total de calouros. O restante dos aprovados são do Distrito Federal e dos estados da Bahia, Goiás, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Aos 23 anos de idade, Luiz Gustavo Mendes Ferreira, de Palmas, é um dos calouros de Medicina. Ele chegou a sair da casa dos pais para cursar outra graduação no Distrito Federal e, agora, comemora a aprovação perto da família. 

“É muito gratificante ser recompensado com a aprovação na Unitins. Sempre foi um sonho meu e da minha família. A vida me deu essa oportunidade de voltar atrás e recomeçar. Eu achei legal quando soube da abertura do curso no Bico do Papagaio, pois todos sabemos que é uma região carente. Espero ajudar da melhor forma possível. Fiquei muito feliz de passar [em uma universidade] dentro do próprio estado e próximo da família”, pontua o calouro que estudou por seis meses antes de ver seu nome publicado no listão de aprovados.

Para o coordenador do curso de Medicina/Câmpus Augustinópolis, Victor Giovannino, a chegada de mais 40 alunos significa a formação de bons profissionais dentro de alguns anos. “É com muito orgulho e prazer que a Coordenação do curso de Medicina recebe os calouros. Estamos muito felizes por eles, pelas famílias deles. Tenho certeza que daqui a seis anos serão brilhantes médicos, colegas meus. A expectativa é de que sejam excelentes médicos não somente na formação técnica e científica, mas também na formação humanística. Sejam bem-vindos e contem com a gente”, declara o coordenador.

Candidatos à Medicina durante vestibular em Augustinópolis (Foto: Ananda Portilho/Dicom Unitins)

Vestibular geral 

O Tocantins também lidera o ranking de aprovações no resultado geral do Vestibular 2022/1 da Unitins. Das 680 vagas ofertadas ao todo no certame, 547 tiveram como aprovados candidatos tocantinenses, atingindo o percentual de 89,67%.

O estado é seguido pelo Pará (3,61%) e pelo Maranhão (2,62%). A expressividade do resultado no estado da universidade reforça o objetivo da Unitins de oportunizar o ensino superior público principalmente aos estudantes locais, como destaca o reitor Augusto Rezende. 

“A gente comemora, enquanto política pública, esses quase 90% dos aprovados no Vestibular como um todo serem do Tocantins. A gente entende que, daqui para a frente, o nosso aluno [tocantinense] vai se preparando mais para entrar no curso de Medicina na Unitins. Temos certeza que foram aprovados os melhores, os mais capacitados, os que tiveram melhor desempenho nas avaliações. Teremos um semestre letivo com muito trabalho, dedicação e determinação na expectativa de retomarmos as aulas presenciais no dia 1º de fevereiro”, pontuou o reitor.

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) ofertou vagas para os 17 cursos da instituição distribuídos nos câmpus de Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis, Palmas e Paraíso. 

As listas de aprovados, bem como as orientações de matrícula podem ser acessadas aqui.

Aulas presenciais 

De acordo com o cronograma divulgado pela Unitins, as aulas presenciais para todos os cursos da instituição, com exceção de Medicina/Câmpus Augustinópolis, serão iniciadas no dia 1º de fevereiro. Já para o curso de Medicina, as aulas do semestre 2022/1 começam no dia 14 de fevereiro.

A Universidade passou a exigir a vacinação contra a Covid-19, com a apresentação da Carteira de Vacinação para matrícula, rematrícula e acesso em todos os câmpus, desde o último dia 03, quando iniciou as atividades administrativas de 2022. A medida vale para toda a comunidade acadêmica, bem como para visitantes.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.