Operação

Farmácia é autuada por lucrar mais de 460% na venda de máscaras em Palmas, segundo Procon

Fiscalização foi feita pelo Procon Tocantins e Polícia Civil.

Por Redação 2.058
Comentários (0)

17/04/2020 10h28 - Atualizado há 5 meses
Fiscalização do Procon nas farmácias das principais cidades do Tocantins

Uma operação integrada do Procon Tocantins com a Polícia Civil realizada nesta quinta-feira (16) em Palmas, Araguaína e Gurupi resultou na fiscalização de 58 estabelecimentos, 6 autos de infração, 6 notificações e a apreensão de 12 produtos.  

Dentre os estabelecimentos visitados, a equipe de fiscalização constatou na farmácia Ultra, localizada na região norte da capital, margem de lucro de 467,61% sobre as vendas de máscaras descartáveis.

Ainda em Palmas, outros dois estabelecimentos do segmento farmacêutico foram autuados. Na Med Farma, os preços constatados elevaram a margem de lucro do álcool em gel para 114% e, na farmácia Pague Menos, a margem de lucro sobre o mesmo produto chegou a 218,15%.

Só em Palmas, foram 20 estabelecimentos fiscalizados, três autos de infração, uma notificação e 12 produtos apreendidos.

Mais fiscalizações

Em Araguaína, a ação que envolveu 14 servidores, fiscalizou 17 estabelecimentos comerciais e lavrou dois autos de infração, além da constatação de que os produtos estavam sendo repassadas ao consumidor com preços abusivos, pois ultrapassavam a margem de 100% sobre o valor padrão. Álcool em gel e luvas foram os principais produtos alvos da operação.

Já em Gurupi, onde os preços abusivos sobre os produtos álcool em gel, luvas e máscaras superaram a casa dos 300%, o saldo da operação resultou na fiscalização de 21 estabelecimentos, um auto de infração e cinco notificações.

União de forças

Para o superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, o trabalho em parceria com a Polícia Civil foi de suma importância no sentido de fortalecer a ação. “O momento que estamos passando é delicado e a tendência é que as demandas aumentem. Então é necessário unir forças para que possamos continuar levando, com a mesma eficiência, as respostas que o consumidor busca junto ao órgão de proteção aos seus direitos”, finalizou.

Para realizar a denúncia, ao perceber qualquer irregularidade, o consumidor deve ligar no Disque 151 ou pelo Whats Denúncia no (63) 99216-6840.

Procon e Polícia Civil

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.