Alerta

Fiocruz aponta contágio extremamente alto da covid-19 na região norte do Tocantins

Nessa situação, o risco de infecção é elevado, com muitas internações e óbitos

Por Joselita Matos 3.739
Comentários (0)

18/06/2021 15h05 - Atualizado há 3 meses
Região Norte do Tocantins está entre os pontos de alta transmissão da Covid.

Os dados do novo boletim epidemiológico da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) trazem um alerta para o país: quase todos os estados brasileiros estão com níveis de transmissão de Covid-19 extremamente altos, um sinal de que a pandemia continua numa situação crítica no Brasil. A análise foi feita no período de 6 a 12 de junho.

Os números da segunda semana de junho indicam que a taxa de transmissão da pandemia segue em um nível preocupante em todas as regiões do Brasil. Segundo o boletim, 23 estados e o Distrito Federal têm pelo menos uma região com transmissão comunitária extremamente alta.

No Tocantins, segundo aponta o boletim da Fiocruz, a região norte do estado tem o nível de transmissão 'extremamente alta'. Já no restante do estado a tramissão é classificada como 'muito alta'.

TRANSMISSÃO COMUNITÁRIA

O que a Fiocruz chama de transmissão comunitária é quando não é possível identificar a origem do contágio. Com o vírus circulando intensamente na região, muitos casos são registrados ao mesmo tempo. Nessa situação, o risco de infecção é elevado, com muitas internações e óbitos.

Segundo o epidemiologista da USP Paulo Lotufo, até que pelo menos 75% da população sejam vacinados, só há um caminho: distanciamento social, uso de máscara e todos os cuidados já informados pelos órgãos de saúde, mas que devem ser cumpridos à risca, principalmente pelos mais jovens.

DADOS DO TOCANTINS

Nesta sexta-feira (19), o Tocantins contabilizou 981 novos casos confirmados da covid-19 e 11 mortes por complicações da doença. Desse modo, o estado acumula 191.469 casos confirmados. Destes, 172.276 pacientes estão recuperados e 16.121 em isolamento domiciliar ou hospitalar. Infelizmente, 3.072 tocantinenses perderam a vida na luta contra a doença.

Da região norte do estado, Araguaína é o município que registra o maior número de casos da doença, até o último boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira: 32.873 casos. Logo em seguida, vem Colinas com 7.362. Seguem os municípios de Araguatins, Xambioá, Tocantinópolis, Augustinópolis, Nova Olinda, Axixá.

CIDADES MAIS AFETADAS NA REGIÃO NORTE

  • Araguaína 32.873 casos e 435 óbitos

  • Colinas do Tocantins 7.362 casos e 114 óbitos

  • Araguatins 2.311 casos e 57 óbitos

  • Xambioá 2.221 casos e 29 óbitos

  • Tocantinópolis 2.044 casos e 42 óbitos

  • Augustinópolis 1.457 casos e 27 óbitos

  • Nova Olinda 1.025 casos e 39 óbitos

  • Axixá do Tocantins 1.019 casos e 17 óbitos

  • Goiatins - 1.001 casos e 10 óbitos

  • Buriti do Tocantins - 877 casos e 16 óbitos

  • Wanderlândia - 869 casos e 15 óbitos

  • São Bento do Tocantins - 795 casos e 8 óbitos

  • Babaçulândia - 779 casos e 5 óbitos

  • Santa Fé do Araguaia - 750

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.