Concessão cassada

Galvão Engenharia perde contrato para duplicação da BR-153 entre GO e Tocantins

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

17/08/2017 08h38 - Atualizado há 1 mês
O Governo Federal cassou oficialmente a concessão da BR-153, no trecho entre Goiás e Tocantins, do Grupo Galvão, dono da construtora Galvão Engenharia. O decreto com a decisão foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira e acata recomendação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Com a cassação, a empreiteira terá de devolver à União um trecho de 624,8 quilômetros entre Anápolis (GO) e Aliança do Tocantins (TO). A rodovia foi licitada em 2014, no governo Dilma Rousseff, enfrenta problemas de investimentos e será agora operada pelo Governo Federal. A estrada deve ser incluída no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), para ser novamente leiloada. Essa foi a primeira vez que o governo cassou a concessão de uma rodovia por descumprimento do contrato. A concessão da BR-153 foi vencida pela Galvão Engenharia, com planos de investir R$ 6,84 bilhões (em valor de 2012). A empresa nunca chegou a dar início à duplicação da rodovia, que deveria ser completada até 2019. Alvo da Operação Lava-Jato, a Galvão Engenharia entrou em processo de recuperação judicial. Por conta das investigações e também pela recuperação, o BNDES não liberou o financiamento para que a empreiteira concluísse os investimentos na rodovia previsto no contrato de concessão. Fiscalização da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT) verificou que não houve investimentos nas rodovias. Segundo a agência, com exceção do plano de segurança rodoviária, todos os serviços estão paralisados. O trecho da BR-153 entre Goiás e Tocantins é uma das principais rotas de transporte de passageiros, madeira e produtos agropecuários do Norte para o Sul do país. (O Globo)

Comentários (0)

Mais Notícias

De Figueirópolis

Professor do Tocantins vence prêmio nacional com projeto sobre esportes

O objetivo do prêmio é reconhecer o trabalho dos professores que contribuem para a qualidade da educação básica.

Investigação

PF prende médico no Tocantins em operação que investiga corrupção na Saúde

Mandados também estão sendo cumpridos em São Luís (MA), Imperatriz (MA), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Estado

Bunge Açúcar e Bioenergia abre vagas para jovens engenheiros no Tocantins

As inscrições vão até o dia 9 de novembro.

Nesta quinta, 18

Vagas de emprego para manicure, mecânico, porteiro, zelador e vendedor

As vagas são para todos os níveis de escolaridade e estão distribuídas em nove cidades do Estado.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.