Anuncia governo

Governo fará levantamento para saber tamanho da dívida com servidores da Educação

Um dos objetivos da Comissão será avaliar a viabilidade orçamentária do Estado.

Por Redação 906
Comentários (0)

01/12/2021 17h45 - Atualizado há 1 mês
Encontro com o governador

O governador Wanderlei Barbosa autorizou, nesta quarta-feira (1º), que seja composta uma comissão técnica para levantamento e estudo do montante referente aos passivos gerados junto aos servidores públicos estaduais do quadro da Educação. 

O anúncio foi feito durante reunião realizada nesta manhã com o secretário executivo da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Fábio Vaz, e membros da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (Sintet). 

A comissão terá o objetivo de avaliar a viabilidade orçamentária do Estado e apresentar uma proposta com ações para a resolução das demandas apresentadas. “Se nós podemos diminuir o tamanho desse passivo, nós vamos diminuir, mas precisamos primeiro saber o tamanho dessa dívida, por isso, o secretário Fábio está autorizado a conduzir essa discussão e fazer esse levantamento", destacou o governador. 

Na oportunidade, o governador Wanderlei Barbosa ressaltou que a área da educação é uma prioridade da sua gestão. “Eu estou às ordens para discutir com a categoria as soluções para as demandas apresentadas aqui hoje, porque a educação é uma prioridade para mim. O que for possível fazer, dentro da linha da legalidade, nós vamos fazer”, reforçou.  

O secretário executivo da Seduc, Fabio Vaz, explicou que o próximo passo será convidar demais secretarias para fazerem parte da comissão e dar início aos trabalhos. “Vamos convidar as demais secretarias envolvidas nessa discussão, como Administração, Fazenda e Planejamento; buscar a paridade para o sindicato para que possamos fazer essa construção de maneira conjunta. Fiquei muito feliz por essa determinação do governador”, disse. 

Encontro positivo

O secretário-geral do Sintet, Carlos de Lima Furtado, avaliou o encontro como positivo e destacou a expectativa de avançar nas discussões. “Nós, da Educação, temos uma pauta muito extensa e que está represada, e nesse encontro de hoje conseguimos explicar para o governador as demandas e recebemos um posicionamento positivo, que é a criação da comissão, que será o nosso canal de negociação com o governo. Com certeza nós estamos muito felizes com esse avanço rumo à valorização dos trabalhadores da Educação”, disse. 

As informaçõs são do Governo do Tocantins. 

Participantes do encontro

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.