R$ 1,9 milhão

Governo não paga Redad e servidores da Adapec paralisam atividades no Tocantins

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

06/08/2018 11h36 - Atualizado há 2 meses
Os servidores da Agência de defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) paralisaram todas as atividades no Estado nesta segunda-feira (06). Eles reivindicam o pagamento do REDAD – Ressarcimento de Despesas para Atividades de Defesa. Segundo o presidente do Sindicato dos Inspetores de Defesa Agropecuária do Estado (Sindefesa), Luciano Adão Alves Gondim, o valor devido pelo Governo do Estado é de cerca de R$ 1,9 milhão referente ao mês de junho. A verba do Redad é utilizada pelos servidores para custear as despesas durante o deslocamento, como hospedagem e alimentação. O pagamento em atraso deveria ter sido feito até o dia 25 do mês seguinte, conforme previsto em lei, mas não ocorreu. Os servidores temem que o Governo também atrase o ressarcimento do mês de julho. Conforme o presidente do Sindefesa, a manifestação dessa segunda é apenas de advertência. Se o pagamento não for efetuado, a categoria vai se reunir nesta terça-feira (07) para deliberar sobre o rumo da paralisação. “Tentamos resolver com o Governo, mas só recebemos promessa. O Governo estipulou datas, mas não cumpriu”, afirmou Luciano Gondim. Outro lado Em nota, a Adapec afirmou que não houve paralisação de servidores no órgão. Disse também que a previsão de pagamento do Ressarcimento de Despesas para Atividades de Defesa referente ao mês de junho é no dia 10 de agosto deste ano, conforme entendimento feito entre o Governo e as classes sindicais.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.