MPTO apura

Grupo de 6 vereadores faz denúncia contra presidente da Câmara no Ministério Público

Apenas dois vereadores e o próprio presidente ficaram de fora.

Por Agnaldo Araujo | Conteúdo AF Notícias 1.736
Comentários (0)

19/11/2021 16h20 - Atualizado há 7 meses
São Miguel do Tocantins

Seis dos nove vereadores do município de São Miguel do Tocantins, na região do Bico do Papagaio, denunciaram o presidente da Câmara Municipal da cidade, Renildo Alves Silva, ao Ministério Público do Tocantins (MPTO) por diversas irregularidades que estariam sendo praticadas na sua gestão.

Após a denúncia, o MPTO instaurou inquérito através da Promotoria de Justiça de Itaguatins para apurar as denúncias.

A representação foi formulada, conforme a portaria do inquérito, pelos os vereadores Neila Gomes Paixão, Irene Duarte de Vasconcelos, Glaydson Jonathan P. da Costa, Otacílio Gregório da Silva Filho, Antonio Silva Sousa e Diana Cristina da Silva Veloso.

Apenas os vereadores Cleibison Pereira dos SantosFlorisvaldo de Oliveira Silva e o próprio presidente da Câmara ficaram de fora da lista. 

Vereadores autores da denúncia

DENÚNCIAS

Entre as supostas irregularidades, os vereadores apontam abuso de poder; falta de decoro parlamentar; aluguel de veículo que pertence ao pai do vereador e contratos licitatórios em valores exorbitantes.

Também citam que Renildo Alves estaria coagindo os funcionários a não receberem protocolos por parte dos vereadores. Ele também teria assinado diversos cheques pré-datados a terceiros sem comprovação de licitação ou notas da prestação de serviços.

Além disso, o presidente estaria negando o pagamento de diárias de viagens aos vereadores, com exceção dele e de um outro parlamentar.

Supostas irregularidades praticadas pelo presidente

Ao instaurar o inquérito, o MPTO determinou que os vereadores autores da denúncia e o presidente da Câmara sejam notificados para prestar esclarecimentos sobre os fatos.

O AF Notícias solicitou posicionamento do presidente da Câmara de São Miguel através do email camarasaomiguel6@gmail.com e aguarda retorno. 

A portaria de instauração do inquérito está aqui. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.