08 vagas

HDT oferta residência médica em 4 especialidades em Araguaína, uma inédita na região

As provas da seleção serão aplicadas em 11 de março e as atividades vão iniciar no dia 18.

Por Redação 1.396
Comentários (0)

22/02/2019 09h01 - Atualizado há 1 ano
HDT em Araguaína

Estão abertas até a próxima segunda-feira (25) as inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Residência Médica do Hospital de Doenças Tropicais (HDT) em Araguaína.

As vagas ofertadas estão distribuídas nas seguintes especialidades: 01 vaga para Clínica Médica, 01 vaga para Infectologia, 02 vagas para Medicina de Família e Comunidade, 01 vaga para Medicina Intensiva Pediátrica e 03 vagas para Neonatologia.

A seleção será realizada através de uma única fase com aplicação de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório.

PROVAS E RESULTADOS

Os prazos para os interessados em realizar as residências vão até dia 11 de março, data da realização da prova. Até esta sexta-feira, 22, os interessados que quiserem a isenção da taxa de inscrição, de R$ 300, deverão fazer o pedido on-line (http://www.copese.uft.edu.br/).  
 
No dia 25, será realizada a divulgação das respostas às solicitações de isenção da taxa de inscrição, dia também que se encerrarão as inscrições. Dia 26 será o último dia para pagamento da taxa de inscrição e dia 27 será divulgada a resposta às solicitações de atendimento especial.
 
No dia 11 de março haverá a aplicação das provas às 14 horas, com divulgação dos gabaritos provisórios logo após o encerramento do certame. Dia 12, é a data para interposição de recursos contra as questões e gabarito provisório das provas objetivas, das 0h às 23h59, pela internet.
 
No dia 14, a resposta aos recursos e resultado final serão divulgados; e no dia 15, estarão disponíveis as matrículas, das 8 às 12 horas. Os alunos aprovados terão as atividades iniciadas em 18 de março.

RESIDÊNCIA MÉDICA INÉDITA

Entre as oito vagas ofertadas para residência médica está a de Medicina Intensiva Pediátrica. Inédita na região, a residência só foi possível devido à implantação da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Pediátrica do Hospital Municipal de Araguaína (HMA) Eduardo Medrado. 

Podem se inscrever profissionais que tenham concluído o curso de graduação plena em Medicina, realizado em Instituições credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC), ou que irá concluir o curso até o dia 14 de março. A seleção para as vagas será realizada em uma única fase, em que será aplicado o exame de conhecimentos através de prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório.
 
UTI Pediátrica

Com dez leitos ativos na unidade, a UTI Pediátrica já recebeu 68 crianças no período de 28 de julho a 31 de janeiro. Mais de 90% dos pacientes receberam alta ou estão em tratamento. Na equipe da UTI Pediátrica tem doze médicos.
 
A unidade conta com layout moderno, dentro do projeto de humanização da Prefeitura, com base no Ministério da Saúde e é referência para toda a região. O Município de Araguaína é responsável pela gestão da UTI Pediátrica e gerida pela Organização Social (OS) Instituto Saúde e Cidadania (ISAC). 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.