Abandono!

INSS precário no norte: sem água, calor insuportável e cadeiras rasgadas

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

18/09/2017 14h50 - Atualizado há 1 mês
Agnaldo Araújo //AF Notícias A agência do INSS em Araguatins, no norte do Estado, está com a estrutura precária, deteriorada e em estado de calamidade. O descaso foi denunciado por servidores e segurados, que aproveitaram para cobrar melhorias. O teto da agência tem marcas de infiltrações, as paredes estão amareladas da sujeira e o ar condicionado da sala de espera não funciona, justamente na época mais quente do ano. O jeito é se acostumar com o calor insuportável já que o aparelho é antigo e estaria com defeito há mais de três anos, segundo relatou um servidor. Não bastasse isso, as cadeiras estão com os braços danificados, só no ferro, e algumas espumas do assento expostas. A televisão, que seria o único entretenimento para quem fica por horas à espera do atendimento, também não funciona. Já no local onde deveria haver um bebedouro para refrescar e amenizar o calor, existe apenas uns pedaços de canos isolados. Outro problema é com o painel de senhas: ele está desligado. Para não tumultuar o atendimento, servidores se revezam em distribuir as senhas e atender os segurados. Um dos corredores do prédio está interditado e virou depósito de galões de água. "É o tratamento desumano e vergonhoso que recebemos do Governo depois de contribuirmos durante décadas na tentativa de garantir um mínimo de tranquilidade na velhice", lamentou o idoso João Carlos. OUTRO LADO Em resposta, a assessoria de comunicação social da Superintendência Regional Norte/Centro-Oeste do INSS respondeu que os problemas relatados são ‘questões pontuais e estão sob atenção cotidiana da gerência’. “As condições de funcionamento são acompanhadas diariamente pelo gerente da unidade e as ocorrências são sanadas pelo setor de engenharia. Ambos não medem esforços e cobram rigorosamente resultados das empresas de manutenção”, disse. ESCLARECIMENTOS DO INSS A edificação da Agência de Araguatins tem sete anos de inaugurada e atende muitas pessoas por dia. Assim é natural que apresente desgastes. Porém as condições de funcionamento são acompanhadas diariamente pelo gerente da unidade e as ocorrências são sanadas pelo setor de engenharia. Ambos não medem esforços e cobram rigorosamente resultados das empresas de manutenção. Dessa forma, os problemas relatados são questões pontuais e estão sob atenção cotidiana da gerência. Verifiquemos ponto a ponto dos quesitos apontados: Sistema de senha: há um monitor de senha em pleno funcionamento que é suficiente ao atendimento de todos os segurados. A queixa deve ser relativa a um outro monitor, mais antigo, cujo funcionamento depende de um computador específico, o qual já foi solicitado. Teto com marcas de infiltrações: três placas de forro foram comprometidas por um vazamento. Contudo, todos os rufos e calhas foram trocados. E a empresa de manutenção já recebeu a demanda da quantidade de placas para substituição. Galões de água: os galões foram colocados no corredor temporariamente, até a finalização da limpeza de uma sala. Depois foram retirados. Aparelhos de ar-condicionado: dos vários equipamentos existentes, apenas um não funciona. O que não compromete o conforto dos segurados. A gerência do INSS em Palmas abriu processo de licitação para contratar uma nova empresa de manutenção de ar-condicionado. A TV para os segurados: há uma TV moderna em pleno funcionamento na área de atendimento. Acredita-se que a queixa seja referente a um antigo aparelho de TV, que não funciona mais e já foi retirado do local. Bebedouro: foram retirados dois aparelhos que estavam  derramando água no chão e não têm mais condições de reparo. A gerência do INSS em Palmas foi notificada da necessidade de novos equipamentos. Enquanto isso, localizamos o bebedouro dos servidores na área de atendimento aos segurados. Poltronas rasgadas: recentemente recebemos longarinas novas da seção de logística. Não há mais poltronas rasgadas na unidade.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.