Colmeia (TO)

Jovem confessa que recebeu R$ 900 para cometer homicídio; vítima desapareceu em novembro

Ele também é suspeito de ter cometido uma tentativa de homicídio.

Por Redação 1.665
Comentários (0)

12/04/2020 16h31 - Atualizado há 4 meses
Jovem também é investigado por outros crimes

Um jovem de 22 anos foi preso neste sábado (11) pela Polícia Civil do Tocantins suspeito de praticar um homicídio no ano de 2019 em Colmeia, norte do estado.

De acordo com o delegado Roberto Assis, as investigações apontaram o envolvimento do suspeito na morte de um jovem de iniciais J. C. N. A, de 18 anos, que estava desaparecido desde o mês de novembro de 2019.

Depois de preso, o suspeito ainda informou aos policiais o local onde estava o cadáver da vítima e confessou que no dia do crime disparou três tiros de revólver calibre 38 enquanto ambos estavam em uma região de mata na zona rural da cidade.

"Existe a suspeita de que houve um mandante do crime. O investigado nos confessou que obteve a quantia de R$ 900 em espécie para cometer o homicídio. A Polícia Civil não descarta nenhuma hipótese", ressaltou o delegado Roberto Assis.

Conforme a Polícia Civil, ele também é suspeito de ter cometido uma tentativa de homicídio em janeiro deste ano contra um homem identificado pelas iniciais W. G., vulgo 'Chicó', que possui várias passagens pela polícia.

Segundo o delegado, ele também confessou a autoria da tentativa de homicídio. "O autor atraiu a vítima para, juntos, consumirem cocaína. Ao chegar no local, "Chicó" foi surpreendido pelo investigado que estava em uma moto e disparou um tiro de revólver calibre 38. A vítima conseguiu correr e sobreviveu", relata o delegado.

As investigações terão continuidade a fim de que a Polícia Civil possa esclarecer todas as circunstâncias do crime.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.