Palmas

Jovem descobre gravidez na hora do parto ao buscar atendimento para cólicas menstruais

Criança receberá nome do médico que auxiliou no parto.

Por Redação 2.723
Comentários (0)

05/03/2021 14h37 - Atualizado há 1 mês
Bebê nasceu de parto natural

Uma jovem de 24 anos entrou em trabalho de parto e deu à luz a um menino 30 minutos depois de entrar na Unidade de Saúde da Família (USF) Bela Vista, em Palmas, para pedir atendimento para cólicas menstruais na manhã desta sexta-feira (5).

A mãe do bebê, Andressa Soares Alves, informou que estava há três meses sem menstruação e teve sangramento no dia anterior. Com o relato, a jovem foi recebida pela enfermeira Vânia Mota exatamente às 8h35.

"Ela dizia que as dores eram fortes. Notei que ela estava com abdômen baixo e perdendo líquido, a examinei e já consegui ter certeza. Então a informei que ela estava grávida e as dores eram contrações do trabalho de parto. Ela reagiu com surpresa, mas na verdade foi para todo mundo porque o bebê já estava vindo", afirmou a enfermeira.

Toda a equipe da unidade foi mobilizada em função do atendimento inusitado, já que não é comum realizar partos na rotina da unidade. Enquanto buscavam contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a técnica de enfermagem Dayana Guido e os médicos Nikolas Cézar Isecke e Thais Morais de Oliveira também colaboraram no primeiro atendimento à jovem.  

A equipe conseguiu ouvir os batimentos do bebê e a mãe já estava com 10 centímetros de dilatação. Antes mesmo da ambulância chegar, a criança nasceu de parto natural.

"Foi muito rápido, o bebê aparentava estar muito saudável, chorou forte assim que nasceu", detalhou a enfermeira.

O médico Nikolas explicou que rapidamente o bebê foi levado aos braços da mãe para o contato pele a pele. "É um contato importante nesses primeiros momentos, porque ajuda a fortalecer a imunidade da criança e os laços afetivos com a mãe", explicou o médico.

Homenagem

O episódio emocionou toda a equipe da unidade. Mãe e bebê foram encaminhados momentos depois pelo Samu a uma maternidade pública.  

A avó da criança, Núbia Soares, contou horas depois que mãe e filho passaram por exames e estavam bem. "Andressa reclamava de dores nas costas porque não sabíamos realmente da gravidez. Ela já é mãe de uma menina de seis anos. Apesar do susto, ganhamos um presente", disse.

Sobre o nome da criança, a avó confirmou: "ela escolheu o nome do médico que a ajudou no parto, Nicolas".

Andressa Soares Alves

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.